Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • Filipe Quaresma (1980) é “...um dos mais interessantes músicos portugueses da actualidade” (Jornal Público) e tem uma “....forma precisa e soberbamente articulada de tocar, cheia de paixão e bastante contemplativa...” (The Strad Magazine).

    Filipe Quaresma concilia a sua intensa carreira a solo e de música de câmara com a actividade de professor de violoncelo na ESMAE – IPP, o lugar de primeiro violoncelo na Orquestra Barroca Casa da Música e do Darcos Ensemble, o Remix Ensemble, o Sond’Ar­‑te Electric Ensemble e a Orchestre Révolutionnaire et Romantique de Sir John Eliot Gardiner.

    Já se apresentou nas principais salas portuguesas e europeias, entre as quais se destacam Casa da Música, Fundação Gulbenkian, CCB, Carnegie Hall de Nova Iorque, Elbphilharmonie de Hamburgo, Philharmonie de Paris, Berliner Philharmoniker, Royal Albert Hall, Wigmore Hall, Concertgebouw, Tonhalle Zürich, Wiener Konzerthaus, Musikverein, Philharmonie Luxembourg e Palau de la Musica de Barcelona, trabalhando com os mais prestigiados músicos portugueses e estrangeiros da actualidade. Estudou na EPABI (Covilhã) com Rogério Peixinho, na Royal Academy of Music (Londres) com David Strange e Mats Lidström, e na Scuola di Musica di Fiesole (Itália) com Natalia Gutman. Obteve vários prémios e bolsas de estudo de prestígio nacional e internacional, sendo de destacar o título ARAM (Associate Royal Academy of Music) atribuído em 2010.

    A sua discografia é extensa, sempre com as melhores críticas, destacando­‑se Sonatas for cello and piano (2017) com o pianista António Rosado, e, pela etiqueta norte­‑americana ODRADEK (2018), o CD com o Concerto para violoncelo e orquestra de Luís Tinoco, gravado ao vivo na sua estreia no CCB em 2017.

    Filipe Quaresma toca num violoncelo de Christian Bayon e num violoncelo barroco de António Capela.

     


    2019

  • Ver & Ouvir

  • Documentos
    Documentos associados
x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE