Jörg Widmann

clarinete

  • Clarinetista, compositor e maestro, Jörg Widmann é um dos artistas mais fascinantes da sua geração. Na temporada de 2018/19 toca como solista com a Sinfónica da Rádio Bávara com Susanna Mälkki, a Sinfónica Nacional de Taiwan com Shao Chia Lu, a Filarmónica da Rádio NDR de Hanôver com Andrew Manze e a Orquestra de Câmara da Basileia com Heinz Holliger. É Artista em Residência na Sinfónica Nacional de Taiwan e será residente também na Orchestre de Paris.

    Em música de câmara, ao longo de 2018/19 Widmann apresenta-se pela Europa com o Quarteto Hagen e em trio com Tabea Zimmermann e Dénes Várjon. Fez a estreia da obra Joyce de Peter Eötvös. Como maestro, colabora com a Orchestra della Svizzera italiana, a Sinfónica Metropolitana de Tóquio, o Boulez Ensemble de Berlim, a Kammerakademie Potsdam e a Junge Deutsche Philharmonie. Como maestro titular da Orquestra de Câmara da Irlanda, dirige-a em digressões na Europa e na América do Sul. Em 2018, dirigiu a estreia do seu Concerto para violino n.º 2, interpretado por Carolin Widmann e a Sinfónica Metropolitana de Tóquio. A obra será tocada nesta temporada pela Orchestre de Paris, a hr-Sinfonieorchester e a Filarmónica Real de Estocolmo.

    Jörg Widmann estudou clarinete com Gerd Starke em Munique e Charles Neidich na Juilliard School em Nova Iorque. Fez a estreia mundial do Concerto para clarinete über de Mark Andre no Donauerschinger Musiktage 2015. Outros concertos para clarinete foram-lhe dedicados, entre os quais Musik für Klarinette und Orchester de Wolfgang Rihm (1999) e Cantus de Aribert Reimann (2006).

    Widmann estudou composição com Kay Westermann, Wilfried Hiller e Wolfgang Rihm. As suas obras foram premiadas com o prestigiante Prémio Elise L. Stoeger (Lincoln Center, 2009), o Prémio Paul Hindemith (2001), o Prémio Arnold Schoenberg (Viena/Berlim, 2004), o Prémio da Sinfónica SWR de Baden-Baden e Freiburg e o Prémio Claudio Abbado (Berlim, 2006). São apresentadas regularmente por maestros como Daniel Barenboim, Daniel Harding, Valery Gergiev, Kent Nagano, Christian Thielemann, Mariss Jansons, Andris Nelsons e Simon Rattle, e estreadas por orquestras como as Filarmónicas de Viena, Berlim e Nova Iorque, a Orchestre de Paris e a Sinfónica da BBC. É Daniel R. Lewis Young Composer Fellow na Orquestra de Cleveland, que estreou o seu Concerto para flauta Flûte en suite em 2011. A sua ópera Babylon foi estreada em 2012/13 na Ópera Estatal da Baviera sob a direcção de Kent Nagano. Am Anfang de Anselm Kiefer e Jörg Widmann foi estreada em 2009, no âmbito do 20º aniversário da Ópera da Bastilha, com Widmann no papel de maestro pela primeira vez na sua carreira.

    Widmann teve residências em importantes festivais e orquestras: Festivais de Lucerna e Salzburg, Sinfónica de Bamberg, Orquestra da Tonhalle de Zurique, BOZAR e Elbphilarmonie. A sua obra foi colocada em foco pela Konzerthaus de Viena, a Alte Oper de Frankfurt, a Philharmonie de Colónia, o Carnegie Hall de Nova Iorque e a Gewandhaus de Leipzig.

    Membro do Wissenschaftskollegs em Berlim, da Academia de Belas Artes da Baviera e, desde 2007, da Academia Livre das Artes de Hamburgo, da Academia Alemã de Artes Plásticas e da Academia de Ciências e Literatura de Mainz, Jörg Widmann é professor de composição na Academia Barenboim-Said em Berlim.

    Artista em Residência 2019

     


    2018/19 

  • Documentos
    Documentos associados
x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE