Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • 1. Dawn

    2. Sunday Morning

    3. Passacaglia

    4. Moonlight

    5. Storm 

     

    O libreto de Peter Grimes foi redigido por Montagu Slater a partir do poema narrativo “The Burough” de George Crabbe. No essencial, o poema conta a história de alguns habitantes de uma aldeia piscatória em Inglaterra, centrando-se em Peter Grimes, um vilão selvagem, que levou à morte três aprendizes seus. Diferente, contudo, é a perspectiva de Slater e Britten: ainda que certamente rude e selvagem, Peter Grimes também aparece na ópera como um sonhador, despertando até certo ponto a simpatia do público.

    O mar tem uma presença constante em toda a narrativa. É ele que traz o alimento e dá trabalho aos habitantes da vila; mas é também uma ameaça permanente. Isso mesmo se reflecte nos quatro interlúdios orquestrais (marítimos) que hoje ouvimos [14 Outubro 2017], retirados de diferentes momentos da ópera. Cada um deles ilustra – como um pequeno quadro – as atmosferas cambiantes nesta pequena aldeia, a partir da referência básica que é o mar. Além desses interlúdios, ouvimos também a Passacaglia, uma outra passagem exclusivamente instrumental da ópera, de feição mais assumidamente dramática (não tão atmosférica como os interlúdios). Veja-se uma breve descrição de cada um dos momentos:

    – Interlúdio I (“Aurora”): Parece evocar uma manhã escura mas tranquila à beira-mar, jogando com apenas três elementos musicais: uma melodia aguda nos violinos e flautas, sempre calma mas bem ornamentada, sugerindo uma ágil graciosidade, como gaivotas avistadas à distância sobre o mar; desenhos ascendentes rápidos nos clarinetes, nas harpas e nas violas, uma espécie de rodopio das ondas do mar; corais lentos e solenes nos metais, sugerindo porventura a ameaça sempre presente do oceano.

    – Interlúdio II (“Manhã de Domingo”): O conteúdo é agora mais variado e colorido, com um carácter que oscila entre o jovial, o enternecedor e o solene. Inicialmente, há uma alternância entre duas ideias: uma melodia jocosa e festiva nas madeiras, acompanhada por sonoridades picantes, bem matinais, nas trompas; uma melodia expressiva nas cordas, que parece uma canção religiosa. Mais à frente, ganha preponderância o toque dos sinos, assinalando a missa.

    Passacaglia: Retirada do meio do II Acto da ópera, em que a música acompanha a marcha de Peter Grimes ao lado de um dos seus aprendizes, um rapazinho, rumo à cabana dos pescadores. A Passacaglia começa com um baixo em pizzicato – parecendo justamente ilustrar a ideia da marcha. Essa melodia é constantemente repetida ao longo do andamento, como é característico de uma passacaglia, em que temos sempre um tema repetido (geralmente no baixo) sobre o qual se vão construindo progressivas variações. Neste caso, essas variações traduzem-se numa gradual, imparável e inelutável intensificação dramática, carregada de trágicas premonições. (E de facto, na ópera, a tragédia não tarda: pouco depois da Passacaglia, o miúdo cai inadvertidamente de uma falésia e morre, lançando a suspeita, na comunidade, de que Peter Grimes terá matado mais um dos seus aprendizes.)

    – Interlúdio III (“Luar”): Música evocativa e nostálgica, com contraponto entre duas ideias: sonoridades quentes nas cordas e trompas, algo hesitantes ritmicamente, mas sempre intensamente expressivas; e movimentos descendentes rápidos nas flautas, como gotas a cair.

    – Interlúdio IV (“Tempestade): De todos os interlúdios, é o mais dramático, reflectindo não só a paisagem envolvente, mas também a rudeza e selvajaria inerentes ao carácter e comportamento de Peter Grimes.

     


    Daniel Moreira, 2017 

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE