Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • Nascido na Tunísia em 1961, Moncef Genoud mudou-se para a Suíça aos dois anos para receber tratamento médico para a cegueira, tendo sido adoptado por uma família suíça pouco tempo depois. Aos 6 anos começou a estudar piano, incentivado pelo pai adoptivo, um grande fã de jazz e que lhe iria dar a conhecer os álbuns de Louis Armstrong e Fats Waller. Com uma capacidade de memorização fora do comum e que lhe permitia tocar qualquer peça de ouvido, Moncef começou a desenvolver o seu próprio estilo. Em 1987, obteve um diploma de ensino no Conservatório de Genebra, onde actualmente lecciona Improvisação (Jazz).

    Músico profissional desde 1983, rapidamente se estabeleceu como uma das figuras mais representativas do jazz na Suíça, especialmente pelo trabalho que desenvolveu com o seu trio. No decurso da sua carreira, tocou com artistas como Bob Berg, Alvin Queen, Reggie Johnson, Harold Danko, John Stubblefield, Joe LaBarbera, Michael Brecker, Larry Grenadier, Dee Dee Bridgewater, Bill Stewart, Idris Muhammad, James Cammack, Jack DeJohnette, Tom Warrington, Scott Colley e Grégoire Maret, entre outros.

    Em 1993, o trio de Moncef Genoud fez a primeira parte do concerto de Tete Monteliu e Michel Petrucciani. No decorrer dos anos 90, o pianista realizou digressões em toda a Europa, bem como Índia, Austrália, África, Japão, Estados Unidos da América e Canadá. Em 1994, impressionou o público dos Festivais de Vancouver e Montréal com concertos brilhantes. No ano seguinte tocou em África, tornando-se amigo próximo de Youssou N’Dour. A partir daí começaram a tocar juntos em diversas ocasiões, desenvolvendo um novo som do jazz africano, sendo os protagonistas do aclamado documentário de 2006 “Return to Gorée”. O projecto acompanhou vários músicos enquanto estes viajavam nas rotas de escravos da África Ocidental, desde o Senegal até os Estados Unidos da América, tendo Moncef Genoud revisitado a evolução musical que começou com os cânticos espirituais dos negros, passando pelo gospel até chegar ao jazz.

    Em 1997, o pianista foi seleccionado para representar oficialmente o Festival de Jazz Montreux em Nova Iorque, Detroit e Atlanta. Desde então, tem vindo a enriquecer a sua discografia, gravando com formações diversificadas que vão desde o duo até ao sexteto e à orquestra sinfónica. As suas influências musicais passam por figuras como Art Tatum, Oscar Peterson, Chick Corea, Herbie Hancock, Bill Evans, Keith Jarrett e Brad Mehldau. Moncef Genoud encontra-se definitivamente no caminho para se tornar num nome ilustre ao lado destas figuras enquanto um dos maiores pianistas de jazz da sua geração.

    Em Novembro de 2005, Moncef Genoud assinou contrato com a lendária etiqueta Savoy Jazz, lançando Aqua em Abril de 2006 que contou com participações de Michael Brecker, Dee Dee Bridgewater, Bill Stewart e Scott Colley e recebeu a unânime aclamação do público e da crítica. Lançou Métissage em Janeiro de 2011, um cruzamento de estados de espírito, estilos e instrumentações, com arranjos singulares de standards de jazz intercalados com originais – e as colaborações de Youssou N’Dour e Ryuichi Sakamoto. Em 2014 lançou Pop Song, o décimo segundo álbum enquanto líder, onde adapta clássicos do universo pop para a linguagem do jazz. Ávido viajante que gosta de descobrir novas culturas, lugares e sabores, Moncef prossegue o seu caminho no objectivo de conseguir chegar a cada vez mais pessoas com a sua música.

     


    2016

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE