Formação

Formar na Casa, Formar na Digitópia, 9º Curso Livre de História da Música e XIII Curso de Formação de Animadores Musicais.

  • Formar na Casa

    Reconhecida a importância da música na educação e no desenvolvimento da criança, deseja-se em oficinas de um dia atribuir a professores do Ensino Pré-Escolar e Básico novas ferramentas e metodologias de trabalho musical que potenciam o sucesso nas diversas áreas curriculares. Sem exigirem aos participantes formação musical, permitem a realização de práticas criativas facilmente replicáveis na sala de aula. A intenção é mesmo levar para a escola processos artísticos que motivam os alunos, facilitando a aprendizagem e a aquisição de competências transversais. A par deste propósito, dá-se a oportunidade para os professores partilharem experiências e se valorizarem pessoal e profissionalmente.

  • Formar na Digitópia

    Ambiente físico e ciberespaço são o domínio lato das sessões propostas pela Digitópia, a plataforma tecnológica e digital da Casa da Música. Seja em aula aberta, workshops intensivos ou cursos de um fim-de‑semana, formula-se o convite à experimentação e à criação imediata, através de processos e linguagens de programação criativa.

    Equipa Digitópia, laboratórios, artistas e instituições que, como nós, gostam de validar novos paradigmas, formadores portugueses e estrangeiros, respondem por um programa receptivo à exploração de software, à performance e à criação de instalações com estrutura musical. Tangível e imaterial, interdisciplinar e consistente, o resultado destas sessões poderá, depois, deixar o seu registo pela Casa, em hot spots temporários.

    Pela sua amplitude, as sessões destinam-se a músicos, artistas digitais, programadores, professores e outros profissionais ou estudantes para quem a música electrónica e a arte digital são campos de expressão com tudo em aberto.

  • Saber Ouvir: 9º Curso Livre de História da Música

    A 9ª Edição do Curso Livre de História da Música está centrada na figura de grandes compositores. Haydn, Mozart, Beethoven e Schubert abrem o curso com um módulo dedicado à Primeira Escola de Viena e ao período Clássico. Num ano em que poderá ouvir muitas obras-primas destes compositores na Casa da Música, este é um tema imprescindível. A tríade formada por Schoenberg, Berg e Webern deu origem à Segunda Escola de Viena, módulo que decorre em ligação com a programação do Música & Revolução. A Orquestra Sinfónica irá apresentar a integral das Sinfonias de Bruckner mas o compositor austríaco tem uma obra vastíssima em outros domínios, como os da música sacra e coral, assuntos a desenvolver num módulo consagrado à sua vida e obra. Carlos de Seixas é talvez o maior nome da música barroca portuguesa, sendo figura em destaque no último módulo dedicado à Música Barroca na Península Ibérica. Um aspecto comum à obra de todos estes compositores é a questão do tempo e a música: 1) o tempo musical como medida objectiva; 2) o tempo musical como percepção subjectiva; 3) o tempo musical como construção cultural; constituindo mais um tema inédito no Curso Livre de História da Música.

    Destinado a um vasto público sem formação musical, o Curso tem uma abordagem multidisciplinar e uma estreita relação com a programação da Casa da Música.

     

    15, 22 E 29 JAN

    1º Módulo: João Silva

    A Primeira Escola de Viena

     

    19 E 26 FEV, 05 MAR

    2º Módulo: Daniel Moreira

    O Tempo e a Música

     

    09, 16 E 23 ABR

    3º Módulo: João Silva

    A Segunda Escola de Viena

     

    07, 14 E 21 MAI

    4º Módulo: Paulo Antunes

    Bruckner: Vida e Obra

     

    22 E 29 OUT

    5º Módulo: Rui Vieira Nery

    O Outro Barroco: as músicas Ibero‑Americanas no tempo de Bach e Händel

     

    JANEIRO A OUTUBRO 2018

    SEGUNDAS 17:30 ÀS 19:15

    AUDITÓRIO FUNDAÇÃO EDP

     

    MÓDULOS INDIVIDUAIS DE DUAS SESSÕES: € 20

    MÓDULOS INDIVIDUAIS DE TRÊS SESSÕES: € 28

    MÓDULOS INDIVIDUAIS DE QUATRO SESSÕES: € 35

    CURSO NA TOTALIDADE: € 90

     

  • XIII Curso de Formação de Animadores Musicais

    Há três razões fortes por que este curso de preparação de músicos para a realização e liderança de iniciativas em contexto comunitário é reeditado anualmente com novos conteúdos: as dinâmicas sociais mostram a sua relevância, o número de interessados em participar é sempre elevado… e nós gostamos de o fazer.

    No seu sucesso participam inúmeros factores, a começar pelo envolvimento com comunidades nossas convidadas. Cada intervenção é um desafio, exigindo abordagens ajustadas a sensibilidades artísticas e sociais particulares. Há, depois, a interacção entre músicos com diferentes backgrounds, cruzando‑se as linguagens. Em processo colaborativo, exploram‑se novos paradigmas em produções multidisciplinares.

    Criação musical, improvisação e articulação com diferentes agentes em ambiente comunitário são algumas das competências trabalhadas num curso eminentemente prático, conduzido por uma equipa internacional de formadores.

    Estruturado em módulos, integra projectos e produções originais do Serviço Educativo, resultando em vários momentos de palco. Nesta edição, por exemplo, envolve o trabalho com reclusas, no Estabelecimento Prisional Especial de Santa Cruz do Bispo, ou com cidadãos com perturbações do espectro autista. O último módulo é sempre consagrado ao Sonópolis, o espectáculo da cidade multicultural, no qual os formandos estão em cada parte e são também um todo: o Ensemble do Curso de Formação de Animadores Musicais.

    € 120 por módulo (total de 3 módulos)

    Inscrições através de envio de CV para seducativo@casadamusica.com até dia 30 de Setembro de 2017