Formação

Formar na Casa, Saber Ouvir: 11º Curso Livre de História da Música e XV Curso de Formação de Animadores Musicais.

  • Formar na Casa

    Muitos são os destinatários: professores dos ensinos pré-escolar, básico e secundário, músicos, formadores, programadores, artistas digitais, auxiliares de acção educativa. A todos oferecemos um programa de formações que ajudam a ter mais ferramentas para os seus trabalhos. Com Formar na Casa mostra-se a música enquanto elemento activo no processo de educação, indutor da lógica e da criatividade, mas também auxiliador na gestão das emoções e criação do ambiente apropriado ao desenvolvimento da prática musical nas mais diversas comunidades. Abertas a um variado leque de potenciais interessados, estas acções formativas propõem novas e diferentes respostas para necessidades práticas do trabalho com a música, visando ajudar a capacitação de pessoas que, estando no terreno, desejam produzir mais e melhor.

  • Saber Ouvir: 11º Curso Livre de História da Música

    O Curso Livre de História da Música é dirigido a todos os públicos, independentemente da sua formação musical, e na sua 11ª edição mantém uma ligação próxima com a programação da Casa da Música. Começa com a celebração dos 250 anos do nascimento de Beethoven e um módulo exclusivamente dedicado ao célebre compositor alemão. Dois módulos centram- se em diferentes períodos da música francesa: o início do século XX com o Impressionismo Musical e o período Barroco com a vitalidade criativa da corte de Versalhes. O papel do maestro na orquestra é o foco de um módulo orientado por um maestro experiente. As ligações entre a música e a matemática são outro desafio que promete surpreender.

     

    JANEIRO A OUTUBRO 2020

    Segundas 17:30 às 19:15

    Auditório Fundação EDP

  • XV Curso de Formação de Animadores Musicais

    Uma das primeiras iniciativas do projecto Casa da Música, este curso surgiu em 2005 como resposta à flagrante falta de músicos preparados para dinamizar actividades com comunidades e liderar intervenções criativas. Ajudou a alterar este panorama e 14 anos depois prevalece a pertinência da sua proposta formativa e artística. Obedecendo a um programa de práticas em contextos reais, realizado ao longo de um ano lectivo, permitiu formar já mais de 200 músicos. É uma família numerosa de quem temos notícias: uns estão envolvidos em projectos por todo o país, outros desenvolvem trabalho pela Europa, África, América do Sul e do Norte. Porque têm bagagem para acções socialmente reabilitadoras, anotamos com orgulho a passagem de alguns por campos de refugiados e áreas de conflito. E vários são hoje formadores deste Serviço Educativo. Estruturado em três módulos, o Curso evolui de Outubro ao início de Julho. Capacidade de improvisação, interacção, liderança e trabalho em equipa são competências desenvolvidas num programa de criação e animação musical associado a projectos artísticos com comunidades de distintos contextos socioculturais. A formação – assente em linguagens precursoras e orientada por criadores reconhecidos ao nível internacional – é também uma oportunidade de os formandos se valorizarem enquanto performers, constituindo- se como ensemble musical. No final do ano, todas estas vertentes são muitas linguagens que se encontram no espectáculo Sonópolis 2020.

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE