24 fev 2018 sábado 18:00
Sala Suggia
Gurre-Lieder
Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música · Coro Casa da Música
24 Fevereiro 2018 Gurre-Lieder
  • tags:
    Agrupamentos residentes
    Sala Suggia

    ORQUESTRA SINFÓNICA DO PORTO CASA DA MÚSICA

    CORO CASA DA MÚSICA

    ESTÁGIO DE CORO DA ESMAE

    Stefan Blunier direcção musical

    Magdalena Anna Hofmann Tove/soprano

    Christina Daletska Waldtaube/meio-soprano

    Robert Dean Smith Waldemar/tenor

    Jeff Martin Klaus-Narr/tenor

    André Baleiro Bauer/barítono

    Salome Kammer narradora

     

    Arnold Schoenberg Gurre-Lieder (versão Erwin Stein)

     

    Era uma vez um rei dinamarquês, chamado Valdemar, cuja mulher assassinou a sua amante no Castelo de Gurre. Esta lenda, cuja suposta veracidade remonta ao século XII, deu origem às Canções de Gurre com base em poemas de Jacobsen e que Schoenberg conheceu na tradução alemã. O resultado foi uma grande cantata para orquestra, coro, narrador e cinco solistas que personificam as personagens da história de amor. Estreada na celebérrima Musikverein de Viena em 1913, a cantata gozou de um sucesso estrondoso e é considerada uma das grandes obras-primas da música ocidental. Nesta interpretação, sob a direcção do maestro suíço Stefan Blunier, Gurre-Lieder conta com um elenco internacional de solistas do mais alto gabarito e no qual se inclui o jovem barítono português André Baleiro, o mais recente vencedor do prestigiado Concurso Internacional Robert Schumann de Zwickau.

     

    “Blunier interpretou Gurre-Lieder de modo intensamente belo e comunicativo.”Mundoclasico.com

     

     

    17:15 Cibermúsica

    Palestra pré-concerto por João Silva

    Comentários

    • Stefan Blunier
      direcção musical
    • Magdalena Anna Hofmann
      soprano
    • Christina Daletska
      soprano
    • Robert Dean Smith
      tenor
    • Jeff Martin
      tenor
    • André Baleiro
      barítono
    • Salome Kammer
      voz
    • Arnold Schoenberg