22 jun 2018 sexta-feira 22:00
Praceta Exterior Norte do ArrábidaShopping
Arrábida Sinfónica
Entrada Livre
22 Junho 2018 Arrábida Sinfónica
  • tags:
    Entrada Livre

    Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música

    Otto Tausk direcção musical

     

    Maurice Ravel Alborada del gracioso

    Manuel de Falla O chapéu de três bicos

    Maurice Ravel La valse

    Zoltan Kodály Danças de Galanta

     

    Há música sinfónica que junta a perfeição da composição a uma enorme capacidade de conquistar os ouvintes desde a primeira audição, e este programa é disso um excelente exemplo. É a dança que rege um alinhamento absolutamente contagiante, pela pena de autores muito atentos ao pulsar dos ritmos populares na primeira metade do século XX. O concerto abre com o colorido espanhol num ambiente de festa retratado por Ravel, onde sobressaem as típicas castanholas e imagens coreográficas muito teatrais, com efeitos de grande malabarismo. Numa visita ao ambiente dos salões de baile do século XIX, a célebre La valse é uma outra incursão do compositor francês nos ritmos de dança. A jota e a farruca são danças características da música andaluza que Manuel de Falla transpôs como ninguém para a orquestra, sugerindo mesmo os rasgueados da guitarra em orquestrações brilhantes, e encontram-se em momentos memoráveis do seu bailado O chapéu de três bicos. O concerto termina com Danças de Galanta, um obra construída sobre as recordações de Kodály que, na sua infância, viveu alguns anos na cidade de Galanta (hoje parte da Eslováquia). Destaca-se a presença de uma dança militar da Hungria, na qual se alternam ritmos lentos e rápidos de forma aparentemente improvisada.

     

     

    Comentários