21 jun 2019 sexta-feira 20:30
Esplanada
Samba que Elas Querem e Convidados
Super Bock Unlock · Martinália, Luca Argel, Angelo B e Cícero DJ Analógico
21 - Samba que elas querem
  • Samba que Elas Querem e convidados

    Mart'nália, Luca Argel, Angelo B e Cícero DJ Analógico

     

     

    A primeira noite de Verão é assinalada em ambiente de festa com a abertura do palco Super Bock Unlock, dando início à temporada de concertos ao ar livre que se prolonga até Setembro.

    A festa começa antes do anoitecer com a música de DJ Analógico, num set em vinil realizado a partir do fascinante automóvel Plymouth Fury Hard Top 1960, estacionado ao lado do Café Casa da Música. Norberto Fernandes aka Dj Analógico propõe-nos uma viagem até ao Novo Mundo através da música dos principais compositores do continente americano.

    Mas as grandes anfitriãs desta noite são as instrumentistas que integram o colectivo Samba Que Elas Querem. E é caso para dizer: sai de baixo senão elas vão passar por cima! A referência ao célebre samba de Clementina de Jesus não é inocente nem despropositada. Samba Que Elas Querem é formado unicamente por mulheres decididas a combater o preconceito que ao longo da história limitou a participação feminina neste género, especialmente enquanto instrumentistas. Cantam e celebram Jovelina Pérola Negra, Tias Ciata e Surica, Dona Ivone Lara, Clara Nunes e muitas outras mulheres que tiveram um papel essencial na evolução do samba.

    A noite continua com um conjunto de convidados especiais que se juntam à roda carioca: a cantora, compositora e instrumentista Mart’nália, dona de um canto doce e timbre inigualável, com discos celebrados como Pé do meu samba (2002), Menino do Rio (2006), Não Tente compreender (2012) e muitos outros; Luca Argel, cantautor e poeta brasileiro que tem realizado um trabalho ímpar na divulgação do samba no Porto e que apresentou recentemente na Casa da Música o seu último disco, Conversa de Fila; o multi-instrumentista e MC Ângelo B, membro de Bamba Social ou Samba Rock Clube e fundador de Porto do Samba, projecto que tem ganho cada vez maior projecção na cidade; e ainda um dos maiores impulsionadores e divulgadores do samba em Lisboa, o músico e compositor Cícero Mateus, fundador do aclamado projecto Viva O Samba.

     

     

    Comentários

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE