20 fev 2021 sábado 18:00
Sala Suggia
O Circo de Chaplin (CANCELADO)
Invicta.Música.Filmes
20 - O Circo de Chaplin
  • Cine-Concerto

    Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música

    Worten Digitópia projecção

    Brad Lubman direcção musical

     

    O Circo

    Charles Chaplin filme e música

     

    “Um aspecto feliz do cinema sonoro era o facto de me permitir controlar a música, então eu próprio a compunha. Tentei criar música elegante e romântica para enquadrar as minhas comédias, contrastando com a personagem do vagabundo, porque a música elegante lhes dava uma dimensão emocional. Os arranjadores raramente compreendiam isso. Queriam que a música fosse divertida e eu explicava‑lhes que não queria competição, mas antes um contraponto de solenidade e encanto, para exprimir um sentimento sem o qual, segundo Hazlitt, uma obra de arte está incompleta.” (Charlie Chaplin)

     


    Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança, durante este concerto:
    - Devido ao distanciamento social, este concerto não tem lugar marcado. No bilhete enviado para o seu email em formato PDF constará apenas a fila escolhida.
    O lugar ser-lhe-á atribuído à entrada da sala, por ordem de chegada, mediante indicação dos assistentes de sala.
    - Para o acesso à Sala Suggia, utilize as seguintes portas: Filas C a K- Porta 2º piso; Filas L a Z - Porta 3º piso;
    - Na saída da Sala Suggia, utilize a porta mais perto do seu lugar, seguindo as indicações colocadas no chão.
    - Utilize uma máscara durante a permanência na Casa da Música, designadamente durante o concerto;
    - Mantenha o distanciamento social;
    - Higienize as mãos à entrada do edifício da Casa da Música.
    - Caso necessite de apoio, por favor, contacte um assistente de sala.

    “Um aspecto feliz do cinema sonoro era o facto de me permitir controlar a música, então eu próprio a compunha. Tentei criar música elegante e romântica para enquadrar as minhas comédias, contrastando com a personagem do vagabundo, porque a música elegante lhes dava uma dimensão emocional. Os arranjadores raramente compreendiam isso. Queriam que a música fosse divertida e eu explicava‑lhes que não queria competição, mas antes um contraponto de solenidade e encanto, para exprimir um sentimento sem o qual, segundo Hazlitt, uma obra de arte está incompleta.” (Charlie Chaplin)

     

    Comentários

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE