Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • Conhecido como “O Grande”, para assim ser distinguido do seu tio, François Couperin era sobrinho e filho de reputados músicos parisienses, familiares a quem sucedeu na qualidade de organista da igreja de Saint Gervais com apenas 18 anos de idade. O cognome também se justifica pelo nível de excelência que alcançou, quer como intérprete de instrumentos de tecla, quer como compositor, em funções que desempenhou ao serviço de Luís XIV, o Rei Sol.

    No domínio da música de câmara, merecem destaque obras como as Apoteoses de Corelli e de Lully ou Les Goûts réunis (Os gostos reunidos). Nestas obras, onde presta homenagem a grandes compositores da época, é visível uma síntese dos estilos dominantes, o francês e o italiano, sendo Couperin um músico neutro na querela entre os estilos nacionais.


x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE