Henry Purcell

Londres, 10 de Setembro de 1659 / 21 de Novembro de 1695

  • Henry Purcell nasceu em Londres há 250 anos, celebrados no passado mês de Setembro. Escreveu de forma prolífica música para teatro e para a prática doméstica de amadores, mas também para a Igreja e Corte de Inglaterra – tendo trabalhado como organista para ambas as instituições, na Capela Real e na Abadia de Westminster, a catedral nacional. Para além de cânticos para os serviços da manhã e do anoitecer (os equivalentes anglicanos da Missa e das Vésperas católicas), a maior parte da sua música religiosa é formada por hinos sobre textos religiosos que alternam entre secções para vozes solistas com acompanhamento de órgão e secções para todo o coro. Estes incluem-se na tradição do verse anthem inglês do século XVI, embora o acompanhamento assuma a forma do baixo contínuo barroco, acrescentando-se a influência italiana no estilo declamatório em que as palavras são musicadas. Muitos dos hinos de Purcell para a corte faziam uso do grupo de cordas fundado pelo Rei Carlos II em imitação dos “vinte e quatro violinos” de Luís XIV, não só para acompanhar as partes corais mas também em “Sinfonias” e ritornellos independentes. Reflectem igualmente o gosto francófilo de Carlos II na inclusão de passagens frequentes em compasso ternário típico de dança.


  • Obras relacionadas

      • Ordernar por

    • more