Joly Braga Santos

Lisboa, 14 de Maio de 1924 / Lisboa, 18 de Julho de 1988

  • Joly Braga Santos permanece na história como um dos grandes nomes da cultura portuguesa do século XX e como o maior sinfonista português de sempre, com um total de seis sinfonias para orquestra no seu catálogo. Criado no seio de uma família que fomentava o gosto pela música e a ida regular a concertos e à ópera, estudou violino desde muito jovem. Frequentou as aulas desse instrumento no Conservatório Nacional a par da disciplina de Composição, onde se tornou no aluno predilecto de Luís de Freitas Branco (1890-1955), considerado o introdutor do Modernismo em Portugal, com quem estudou particularmente até 1955.


x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE