Danilo Pérez

piano

  • Danilo Pérez nasceu no Panamá em 1965. Começou os estudos musicais aos três anos, com o seu pai, líder de banda e cantor. Aos 10 anos, estudava o repertório clássico de piano no Conservatório Nacional do Panamá. Depois de concluir o Bacharelato em Electrónica no seu país, estudou composição jazz no prestigiado Berklee College of Music. Ainda estudante, tocou com Jon Hendricks, Terence Blanchard, Slide Hampton, Claudio Roditi e Paquito D’Rivera. A sua reputação cresceu rapidamente e levou-o a tocar e gravar com artistas como Dizzy Gillespie (United Nations Orchestra, 1989-1992), Jack DeJohnette, Steve Lacy, Lee Konitz, Charlie Haden, Michael Brecker, Joe Lovano, Tito Puente, Wynton Marsalis, Tom Harrell, Gary Burton e Roy Haynes. Em 2000, juntou-se ao Wayne Shorter, que formava o seu quarteto com John Patitucci e Brian Blade. Toca regularmente em trio com Ben Street e Adam Cruz, desde 2003.

    A partir de 1993, Pérez passou a focar-se nos seus próprios grupos, tendo editado oito álbuns como líder. Conquistou nomeações para o Grammy e o Grammy Latino pelos discos Central Avenue (1989), Motherland (2000) e Across The Crystal Sea (2008). Em 1996 assinou contrato com a Impulse e gravou Panamonk, um tributo a Thelonious Monk, considerado pela revista DownBeat um dos álbuns de piano jazz mais importantes da história. Pérez editou ainda Providencia, a sua estreia para a etiqueta Mack Avenue Records, em Agosto de 2010. Também esse álbum foi nomeado para um Grammy Award 2011, na categoria de Melhor Álbum de Jazz Instrumental. Como compositor, recebeu encomendas do Lincoln Center, do Chicago Jazz Festival, do Imani Winds Quintet, do Carnegie Hall (um octeto para membros da Orquestra Sinfónica Simón Bolívar da Venezuela) e do Banff Centre (um quinteto com piano para o Cecilia String Quartet intitulado Camino de Cruces). Escreveu ainda música para o Museu da Biodiversidade do Panamá, desenhado pelo renomado arquitecto Frank Gehry; Expeditions – Panamania 2015 para os Jogos Pan-Americanos de Toronto; e Detroit World Suite – La leyenda de Bayano, para o Festival de Jazz de Detroit.

    Danilo Pérez foi Embaixador da Boa Vontade da UNICEF. Recebeu vários prémios pelas suas realizações musicais, e também pelo activismo e obra social. Actualmente, é Artista pela Paz da UNESCO, Embaixador Cultural da República do Panamá, Fundador e Director Artístico do Festival de Jazz do Panamá e Director Artístico do Berklee Global Jazz Institute no Berklee College of Music de Boston.

     


    2018/19 

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE