Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • Licenciada em Escultura, Ana Quintans estudou Canto na Escola de Música do Conservatório Nacional, em Lisboa, e no Flanders Operastudio em Gent.

    Iniciou-se profissionalmente em 2005 com Monteverdi e dedica ainda hoje a maior parte do seu trabalho à música dos séculos XVII e XVIII. Nesse âmbito colabora regularmente com os maestros William Christie, Marc Minkowski, Michel Corboz, Alan Curtis, Riccardo Minasi, Vincent Dumestre, Marcello de Lisa, Raphael Pichon, Marcos Magalhães, Laurence Cummings, Enrico Onofri e Ivor Bolton.

    Destacam-se apresentações na Opéra Comique de Paris, Cité de la Musique, Théâtre des Champs Elysées; Festival d’Aix en Provence; Glyndebourne Festival; Festival d’Ambronay; De Nederlandse Opera; Concert-gebouw de Amesterdão; Opéra de Lyon; Opéra de Rouen; Opéra Royal de Versailles; Teatro Nacional de São Carlos em Lisboa; Alten Oper Frankfurt; Teatro Real de Madrid; Victoria Hall Genebra; Fundação Calouste Gulbenkian; Centro Cultural de Belém; Casa da Música no Porto; Carnegie Hall em Nova Iorque; Brooklyn Academy of Music; La Folle Journée (Japão); Festival Misteria Paschalia Cracóvia; Maggio Musicale Fiorentino; Palácio das Artes de Budapeste; Wien Festwochen; Festival Internacional de Edimburgo; Mozarteum Salzburg.

    Gravou árias de Albinoni com Marcello di Lisa e Concerto de’ Cavalieri (Deutsche Harmonia Mundi); Trionfo d’Amore e Spinalba de Francisco António de Almeida com Marcos Magalhães e Os Músicos do Tejo (Naxos); Round Time de Luís Tinoco com David Alan Miller e Orquestra Gulbenkian (Naxos); Requiem de Fauré com Sinfonia Varsovia e Michel Corboz (Mirare); Judicium Salomonis de Charpentier com LAF e William Christie (Virgin); As Sementes do fado com Os Músicos do Tejo; Kleine Musik com obras de Schütz e Ivan Moody com Sete Lágrimas (MUrecords); Victor Macedo Pinto com Canções de Amigo do mesmo compositor (Numérica). Em suporte DVD interpreta Dido and Aeneas de Purcell (Christie/Warner e Dumestre/Roussat & Lubek), L’incoronazione di Poppea de Monteverdi (Christie/Pizzi), Hippolyte et Aricie de Rameau (Christie/Kent) e David et Jonathas de Marc-Antoine Charpentier (Christie/Homoki).

    Futuras aparições incluem o papel de Ilia em Idomeneo de Mozart (Ópera da Flandres, direcção de Paul McCreesh) e Amour em Les Indes Galantes de Rameau (Ópera da Baviera, direcção de Ivor Bolton). Em concerto interpretará brevemente a Oratória de Natal de J. S. Bach dirigida por Garcia Alarcón.

     


    2015

  • Obras relacionadas

      • Ordernar por

    • more
x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE