Eric Revis

EUA, 31 de Maio de 1967

contrabaixo

  • Um dos músicos mais talentosos e competentes da sua geração, o contrabaixista e compositor Eric Ravis já ganhou um Grammy Award e, ao longo dos últimos 15 anos, tornou-se uma importante figura no panorama do jazz. Segundo Branford Marsalis, “o som de Eric é o som da fatalidade: grande, denso, percussivo” – e são muitos os músicos de várias áreas a concordar. Tocou e gravou com Betty Carter, Peter Brotzmann, Jeff “Tain” Watts, Kurt Rosenwinkel, Steve Coleman, Ralph Peterson, Lionel Hampton, McCoy Tyner, Andrew Cyrille e Tarbaby (o trio experimental que o junta a Orrin Evans e Nasheet Waits).

    Ocupando o lugar de contrabaixista no poderoso quarteto de Branford Marsalis desde 1997, Eric Revis gravou também quatro álbuns brilhantes como líder. Tanto Tales of the Stuttering Mime (2004) como Laughter’s Necklace of Tears (2009) revelaram a sua surpreendente elasticidade como músico e compositor, com raízes no passado mas sem a ele se prender. A sua trajectória musical torna-se clara num relance sobre o seu disco mais recente – Parallax (Clean Feed ) – e sobre o próximo título a editar brevemente – City of Asylum (Clean Feed).

    Voltado conceptualmente para a improvisação e com uma temática vasta, Parallax é um disco intemporal e sem fronteiras, inclusivo e exploratório. Com Jason Moran, Ken Vandermark e Nasheet Waits, é um verdadeiro documento do crescimento de Revis como compositor, instrumentista e comunicador artístico. Tal como nos discos anteriores, a sua abordagem é pessoal e singular, o seu som profundo e a sua execução ágil, melódica e clara.

    Poliglota musical, Revis sente-se à vontade em qualquer contexto musical. As suas competências como líder e compositor são tão profundas como inspiradoras.

     


    2016