• Mateusz Stasto nasceu em 1977, em Cracóvia (Polónia). Aos sete anos iniciou os estudos musicais em violino. Concluiu o Mestrado com distinção na Academia de Música de Cracóvia na classe de Mieczyszlaw Szlezer. Participou em masterclasses com músicos distintos como Zakhar Bron, Dmitry Sitkovetsky, Krzysztof Wegrzyn, entre outros.

    Foi bolseiro da George Soros Mozart Foundation e da Academia Chigiana, em Siena, tendo sido aluno de Franco Gulli. Obteve a bolsa de estudos da Scuola di Musica di Fiesole onde estudou, entre outros, com Pavel Vernikov. Fez uma pós-graduação na Alemanha, especializando-se em Violino, Viola e Música de Câmara, tendo trabalhado com Jakob Gilman e Helmut Nicolai no Richard-Strauss-Konservatorium em Munique e com Vladimir Mendelssohn na Escola Superior de Música de Essen.

    Fez vários recitais em diversos países da Europa, América do Sul, Ásia e África. Estreou-se a solo com apenas 17 anos com o Concerto de Mozart em Salzburgo e Orquestra Juvenil Austríaca. Participou em vários festivais de música de câmara em várias cidades portuguesas como Espinho, Póvoa do Varzim e Algarve, a ainda em países como França, Itália, Noruega, Rússia, Alemanha e Moçambique. É membro fundador de dois agrupamentos de música de câmara, Fine Music String Trio e Trio Vivan (harpa, flauta e viola de arco) com os quais actua regularmente.

    Integrou diversos projectos orquestrais como International Bachakademie Stuttgart, Orquestra de Câmara de Graz, Kammerorchester Berlin, Sinfónica de Munique, Orquesta Nacional de Espana, entre outros. Desde 2004, é membro da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música. Foi chefe de naipe de violas convidado da Orquestra Gulbenkian. Recentemente foi convidado pela Orquestra da Rádio da Noruega e Orquestra Sinfónica da Malásia para cumprir a mesma posição.

    Desde 2011 participa no projecto Xiquitsi, cujo objectivo é permitir que os jovens e crianças moçambicanas tenham acesso a educação musical.

     


    2015

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE