Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • Ruth Ziesak estudou na Academia de Música e Artes Performativas de Frankfurt am Main, sob a orientação de Elsa Cavelti. Os primeiros prémios conquistados no Concurso Alemão de Música e no Concurso Internacional de Canto de Hertogenbosch abriram caminho a uma carreira internacional que passou por Munique, Milão, Berlim, Florença, Viena, Paris, Londres e Nova Iorque, ganhando reputação na interpretação de ‘Pamina’, ‘Ännchen’, ‘Marzelline’, ‘Ilia’ e ‘Sophie’. Desde então expandiu o seu repertório a papéis como ‘Condessa’ (As Bodas de Fígaro), em Glyndebourne, Zurique e Estugarda, e tornou-se professora de canto na Academia de Música de Sarre (Alemanha).

    Em concerto trabalha regularmente com orquestras barrocas como a Akademie für Alte Musik Berlin e a Freiburguer Barockorchester e apresenta-se frequentemente nos Festivais de Salzburgo e Lucerna. As colaborações com maestros como Herbert Blomstedt, Daniele Gatti, Riccardo Muti, Kent Nagano, Lothar Zagrosek, Riccardo Chailly, Jukka-Pekka Saraste e Ivor Bolton levaram-na a apresentar-se ao lado da Orquestra da Gewandhaus de Leipzig, da Orquestra de Dresden, da Sinfónica da Rádio da Baviera, da Sinfónica da WDR, da Konzerthausorchester de Berlim, da Sinfónica de Montréal e da Orquestra Mozarteum de Salzburgo.

    Cantou a Missa Solemnis de Beethoven (Sinfónica de Los Angeles e Filarmónica de Berlim, direcção de Herbert Blomstedt), o Requiem de Brahms (Orchestre National de France, Christoph Eschenbach), as Cenas do Fausto de Goethe de Schumann (Orquestra do Teatro de Frankfurt, Sebastian Weigle; Filarmónica de Viena, Leopold Hager), o Elias de Mendelssohn (Filarmónica Eslovaca em Bratislava, Petr Altrichter; Teatro Olímpico de Vicenza, András Schiff), o Requiem de Mozart (Orchestre de Paris, Bertrand de Billy), a Nona Sinfonia de Beethoven (Sinfónica de Munique, Kevin John Edusei; Orquestra de Valência, Yarom Traub), a Paixão segundo São Mateus de Bach (Bach Collegium em Munique, Hansjörg Albrecht) e árias de Mozart em digressão com a Israel Camerata (Avner Biron). Apresenta-se regularmente em recital com Gerold Huber e com András Schiff, e em música de câmara com o Merel Quartet, o Viena Piano Trio, o Trio Wanderer e o Auryn Quartet.

    A sua extensa discografia inclui óperas como A Flauta Mágica (Solti/Decca), Fidélio (Dohnányi/Decca), A Clemência de Tito (Harnoncourt/Teldec), O Franco-Atirador (Janowski/BMG), Hansel e Gretel (Runnicles/Teldec) e Genoveva de Schumann com a Orquestra de Câmara Europeia (Harnoncourt/Teldec), mas também canções de Malher (Gatti/BMG), Liszt (edel classics), Haydn (Phoenix), Mendelssohn (AVI), Zemlinski e Mahler (Phoenix).

     


    2017 

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE