Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • A estreia de Os Planetas ocorreu em Setembro de 1918, semanas antes do final da Primeira Grande Guerra, em Londres. Durante os quatro anos seguintes, Holst dedicou-se a compor a ópera The Perfect Fool, uma partitura onde o compositor faz uma paródia ao mundo da ópera e dos seus melómanos recorrendo ao universo sonoro de Verdi, Wagner e Debussy como fonte de inspiração. A Fugal Ouverture foi originalmente escrita como abertura para a ópera, ganhando depois lugar num outro conjunto de música exclusivamente instrumental. Recorrendo a uma das técnicas de composição mais bem organizadas do ponto de vista estrutural, Holst desenvolve assimetrias rítmicas para construir uma peça aparentemente ligeira e bem-disposta, muito rítmica. A secção central explora sonoridades mais bucólicas em solos das cordas e sente-se um carácter quase rústico no tema da flauta, mas o ambiente de paródia regressa imediatamente para concluir a peça de forma súbita e inesperada.

     

     


    Rui Pereira, 2017 

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE