Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • A barcarola é uma canção característica dos gondoleiros venezianos que, a partir do séc. XVIII, inspirou vários compositores a escreverem obras vocais e/ou instrumentais. Apesar de nunca ter estado em Veneza, Fryderyk Chopin conhecia as obras dos seus contemporâneos, nomeadamente as três Venezianisches Gondellied que Felix Mendelssohn compôs para as suas Canções sem palavras. Na Barcarola, op. 60 de Chopin encontramos as principais características da canção veneziana: o compasso 12/8 e o desenho rítmico repetitivo da mão esquerda a imitar o movimento do barco a deslizar no canal. Do ponto de vista formal, a Barcarola assemelha-se a um nocturno dividido em três partes. Musicalmente trata-se de uma obra de maturidade, que ultrapassa todas as convenções, uma obra que eleva à sua expressão máxima o lirismo e a criatividade do compositor polaco. 

     

     


    Ana Maria Liberal, 2016 

  • Documentos
    Documentos associados
x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE