Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • 1. Moderato

    2. Molto adagio

    3. Presto

    A escrita de Lowell Liebermann obedece aos princípios da harmonia funcional, explorando por vezes a simultaneidade de tonalidades diferentes, e goza de uma grande receptividade junto do grande público. Entre as suas obras mais conhecidas encontram-se a Sonata para piano e flauta, de 1987, e o Concerto para flauta e orquestra, de 1992. Este concerto, assim como outras obras concertantes que incluem a flauta como instrumento solista, está intimamente ligado à carreira do flautista norte-irlandês James Galgway, que o estreou em St. Louis, no Missouri, sob a direcção de Leonard Slatkin.

    A flauta está em destaque desde o início, apresentando um tema que é facilmente conectado com música de raiz norte-americana, um estilo cultivado desde o final do século XIX e que encontra exemplos notáveis em música de cinema. O concerto tem uma forte componente melódica, suscitando vários diálogos entre o solista e outros instrumentos da orquestra. O virtuosismo requerido ao flautista exprime-se não só na velocidade e articulação de certas passagens mas sobretudo no elevado controlo sonoro e dinâmico em toda a tessitura do instrumento, dos graves aos agudos. A obra requer igualmente grande capacidade de endurance. O segundo andamento, num tradicional tempo mais lento, coloca a flauta em acrescido destaque desde o início mas reserva para o naipe das cordas a condução para o primeiro grande clímax. O presto final é um tour de force para o solista, constituindo uma forma aparentada com o rondó, recorrendo a ritmos populares de dança e encerrando com uma veloz coda que constitui um desafio para qualquer virtuoso. A utilização dos metais na orquestração é novamente muito característica da música norte-americana.


    Rui Pereira, 2014

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE