Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • O Convite à Dança assume-se como uma obra programática, já que usa a sua introdução para ilustrar o convite propriamente dito do cavalheiro à donzela – o primeiro pela voz do violoncelo, a segunda pela do clarinete. O convite surge na melodia interrogativa do violoncelo; a uma primeira recusa segue-se a insistência e, então, a aceitação. Uma breve troca de palavras que se adivinha no diálogo entre os dois instrumentos e a preparação para a dança precedem a valsa propriamente dita, com todo o brilhantismo que lhe é característico e a que não é alheia a orquestração realizada por Berlioz em 1841. Após o final apoteótico da valsa, a história encerra com uma coda que ilustra a despedida do par, relembrando o tema da introdução.


    Fernando Pires de Lima, 2015

  • Documentos
    Documentos associados
x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE