Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • Oh, tenho muito de nada e nada é muito para mim

    Não tenho carro, não tenho mula, não tenho miséria.

     

    Gente com muita abundância tem um cadeado na porta

    Com medo que alguém os roube

    Enquanto estão fora a ganhar mais.

    Para quê?

     

    Não tenho cadeado na porta (não é jeito de ser)

    Podem roubar o tapete do chão.

    E está tudo bem comigo porque as coisas que eu valorizo

    Como as estrelas no céu são todas de graça.

     

    Oh, tenho muito de nada e nada é muito para mim.

    Tenho a minha moça, tenho a minha canção, tenho o céu o dia inteiro!

    Não vale a pena reclamar!

    Tenho a minha moça, tenho o meu Senhor, tenho a minha canção.

     

    Oh, tenho muito de nada e nada é muito para mim

    Tenho o sol, tenho a lua, tenho o azul mar profundo.

     

    A gente com muito de muito tem que rezar o dia todo

    Parece que com muito tens que te preocupar

    Como manter o diabo bem longe.

     

    Não estou preocupado com o inferno até o momento chegar

    Nunca me preocupo muito enquanto estou bem

    Nunca me esforço para ser bom, para ser mau, que diabos,

    Estou contente por estar vivo.

     


    2017, traduções cedidas pelo projecto "À la Joie" 

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE