Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • Allegro maestoso – Larghetto – Allegretto

    Dmitri Bortnianski é o mais famoso compositor setecentista do Império Russo. Nascido na Ucrânia, ingressou na Capela Imperial de São Petersburgo em 1758, vindo a desenvolver uma notável carreira como cantor lírico. Estudou com Galuppi, primeiro em São Petersburgo e, a partir de 1769, em Veneza, para onde foi enviado por Catarina. Em Itália escreveu três Óperas Sérias, estreadas em Veneza e em Módena, bem como música sacra católica. Regressou à Rússia em 1779, ocupando o posto de compositor e maestro assistente na Capela Imperial, instituição para a qual compôs a maior parte da sua vasta e influente produção de música sacra ortodoxa. Em 1783, com a partida de Paisiello de São Petersburgo, Bortnianski tornou-se Mestre de Capela do Príncipe Paulo – futuro Czar Paulo I –, para quem escreveu três óperas cómicas em estilo francês, música de câmara e várias obras para tecla. Com a coroação de Paulo I, foi nomeado Director da Capela Imperial, dando a ouvir – entre 1802 e 1813 – as grandes obras-primas corais de Händel, Haydn, Mozart e Beethoven. A actividade musical dos seus últimos anos foi dedicada à renovação e uniformização da prática musical na Igreja Ortodoxa Russa, revendo várias das suas obras sacras anteriores. A sua obra foi conhecida no Ocidente ainda no século XVIII, tendo algumas das composições sido incorporadas no repertório da Capela Imperial de Viena. Mais tarde, Berlioz tornou-se um grande divulgador das peças corais de Bortnianski.

    A Sinfonia Concertante em Si bemol maior, destinada ao entretenimento privado da família imperial, foi dedicada à princesa alemã Luísa Maria de Baden, futura esposa do Czar Alexandre I (conhecida a partir de então como Grã-Duquesa Elizabete Alexeievna). Contrariamente ao que o título parece indicar, não se trata de uma obra orquestral mas sim de uma obra de câmara. Foi composta para uma muito inusual combinação instrumental: ‘le Fortepiano organisé, l’Harpe, deux Violons, Viola di gamba, Basson & Violoncelle’. O Fortepiano organisé é uma versão tardo-setecentista muito rara do claviórgão mas, neste caso, em vez de combinar o mecanismo de um cravo com o de um órgão, combina o deste instrumento com um piano, permitindo a execução dos dois instrumentos – não só separada, mas também simultaneamente. Este instrumento híbrido conheceu uma breve popularidade em França e a Sinfonia de Bortnianski é uma das duas únicas obras conhecidas especificamente destinadas ao instrumento. Esta obra, escrita num estilo muito próximo do Classicismo vienense, possui ainda outras particularidades de instrumentação, tais como a inclusão da viola da gamba (um instrumento já então considerado obsoleto em toda a Europa), a presença do fagote como único instrumento de sopro e o uso da harpa (um instrumento que era nesta época uma verdadeira coqueluche em toda a Europa, e que na versão hoje escutada é substituído pelo cravo), uma opção frequente na época, uma vez que a harpa partilhava a maior parte do seu repertório com os instrumentos de tecla. Nesta Sinfonia o piano assume o papel de solista principal, ainda que frequentemente partilhe parte dos seus solos com o primeiro violino, tocando em uníssono ou em oitavas. O violoncelo e o fagote partilham a execução do baixo mas ocasionalmente emancipam-se em breves solos, enquanto o segundo violino e a viola da gamba executam quase sempre uma parte de acompanhamento interagindo ocasionalmente com os outros solistas. A parte da harpa não é mais do que um acompanhamento harmónico, sob a forma de um baixo contínuo escrito por extenso.


    Fernando Miguel Jalôto, 2016

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE