• A abertura Spring narra o despertar mágico da Primavera na Suécia. Após um longo e cinzento Inverno, as criaturas grandes e pequenas juntam-se aos suecos que anseiam desesperadamente pelos primeiros raios de sol. Uma canção melancólica e assombrosa é ouvida ao longe (När som jag var på mitt adertonde år – Quando eu estava no meu 18º ano de vida). Vários instrumentos situados em locais diferentes da sala são o eco da solitária voz feminina. A melodia dolorosa e sentimental transforma-se gradualmente numa espécie de polca que traz o tema optimista e alegre da Primavera. Os animais aventuram-se após um longo período de hibernação, as pessoas saem de casa para celebrar a chegada da Primavera e o tema principal converte-se novamente numa cena de dança cada vez mais rápida e animada. Neste momento surge uma conhecida canção do folclore sueco (Ack Värmeland du sköna – Ó Värmland, és bela), numa contramelodia que sustenta o ambiente ferverosamente festivo. Introduzida por um quarteto de metais, a melodia cresce até se tornar um sonoro coro de metais.

     


x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE