Variações sobre um tema de Händel, op.24

Johannes Brahms, Hamburgo, 07 de Maio de 1833 / Viena, 03 de Abril de 1897

[1861;c.26min.]

  • As Variações sobre um tema de Händel, expoente máximo de uma forma que o compositor abordou por diversas vezes. Clara estreou a obra em Hamburgo, em Dezembro de 1861. O tema foi extraído da Suite em Si bemol maior de Händel, a qual já continha cinco variações. É um tema de oito compassos ao qual Brahms faz suceder 25 variações de carácter. Ou seja, as variações têm todas a mesma estrutura harmónica e de compassos. Nas variações iniciais há um lento afastamento do universo Barroco e após a quarta variação entramos já no domínio da escrita Romântica com oitavas e acordes grandiosos. Na viagem que estas variações proporcionam, revisitam-se alguns períodos históricos, com uma forte presença do classicismo vienense, dos ritmos de estilo húngaro ou do fraseado do seu mentor Schumann. As últimas três variações preparam o ouvinte para a apoteótica Fuga final, cujo motivo é uma variante do tema original de Händel.


    Rui Pereira, 2012