Benjamin Schmid (Áustria , 1968) - Artista em Associação

Benjamin Schmid é um dos violinistas mais versáteis da actualidade, com um repertório excepcionalmente vasto e um estilo muito pessoal. A sua carreira centra-se fortemente em obras de compositores austríacos como Berg, Goldmark, Korngold, Kreisler, Mozart, Muthspiel, Schoenberg e Webern. É precisamente o maior dos ícones austríacos que está no centro desta residência de Benjamin Schmid na Casa da Música. A Integral dos Concertos para violino de Mozart é um dos pilares da programação da temporada, e o virtuoso violinista vienense – que, por coincidência, cresceu precisamente em Salzburgo, a cidade natal de Mozart – será protagonista em quatro destes concertos, com o seu violino Stradivarius “ex Viotti” de 1718 cedido pelo Banco Nacional Austríaco.

O foco de Schmid na obra de Mozart é particularmente notório no duo que forma com a pianista Ariane Haering; desde 2011, editaram várias sonatas deste compositor e fragmentos inéditos de Henle Verlag. Schmid desenvolve também uma bem-sucedida carreira no jazz e apresenta o seu programa Hommage à Grappelli tanto em palcos dedicados ao jazz como em salas de concerto de música clássica. A sua agenda preenchida inclui colaborações regulares com grandes orquestras europeias, norte-americanas e asiáticas.

Desenvolve uma relação especial com a Filarmónica de Viena, com a qual fez o concerto de abertura do Festival de Salzburgo 2004 e interpretou a versão de Fritz Kreisler do Concerto para violino de Paganini, sob a direcção de Valery Gergiev, em 2001 – um concerto transmitido para mais de 60 países e editado em CD e DVD pela Deutsche Grammophon. É também convidado habitual dos principais festivais de música de câmara da Europa.

A impressionante discografia de Schmid, com cerca de 50 CD, inclui vários títulos premiados pela crítica – Prémio da Crítica Discográfica Alemã (várias vezes no âmbito do jazz e da música clássica), ECHO Klassik , Escolha do Editor da Gramophone e Strad Selection. Apresenta-se em cerca de 80 concertos por ano em todo o mundo. Ganhou vários prémios em concursos internacionais, incluindo os Prémios Mozart, Beethoven e do Público no Concurso Flesch 1992. Ensina no Mozarteum de Salzburgo e orienta masterclasses na Hochschule de Berna.