A Origem do Chá

Segundo a lenda, por volta do ano 2.737 AC, enquanto o Imperador Shen Nong meditava por baixo de uma árvore, algumas das folhas caíram na sua taça de água quente. Intrigado pela cor amarelo claro que a água adquiriu, o Imperador decidiu provar o licor obtido, tendo ficado deliciado com o seu sabor. Deu o nome deCamellia Sinensisà árvore que, em breve, daria origem à cultura do chá. Durante a Dinastia Tang, o culto do chá sofreu uma súbita explosão de popularidade. De bebida consumida essencialmente para fins medicinais, o chá passou a objecto de veneração e comércio por todo o mundo. Através dos nómadas se espalhou pela enorme China, incitando os monges a filosofar, os políticos a taxar e os poetas a imortalizar a planta do chá. Lu Yu com o seu livroCha Kingcriou a primeira “escola” chinesa sobre o ritual de preparação do chá.

 

AS CORES DO CHÁ

 

Chá Branco

Chá raro e delicado composto pelas folhas e botões mais tenros da planta, colhidos no início da primavera. Sem qualquer oxidação, as folhas deste chá são apenas colhidas e secas ao sol, contendo, por isso, uma grande concentração de antioxidantes. Possui infusões claras, suaves e brilhantes, criando um chá extremamente refrescante.

 

Chá Amarelo

É um chá muito especial e raro. A sua origem remonta ao século XVI, altura em que era servido na corte do Imperador chinês. Cultivado na ilha de Junshan, o chá amarelo é colhido uma única vez no ano. Com uma ligeira fermentação, adquire, durante o processo produtivo, um aroma doce e suave, criando infusões claras e brilhantes.

 

Chá Verde

As folhas do chá verde não são oxidadas, o que permite que mantenham a sua cor verde natural e aroma delicado. Para evitar a oxidação, as folhas são sujeitas a uma ligeira torrefacção (método chinês) ou secas a vapor (método japonês). Possui infusões com uma grande variedade aromática, desde notas vegetais, frutadas, florais a minerais e amadeiradas.

 

Chá Oolong

Também designado por semi-fermentado ou chá azul. Combina a fresca fragrância do chá verde com a complexidade aromática do chá preto. Tradicionalmente, existem duas categorias de Oolong: os ligeiramente oxidados (entre 10 e 30% de oxidação) produzidos segundo o método chinês e os fortemente oxidados (entre 60 e 70% de oxidação), fabricados pelo método de Taiwan. São chás com um reduzido teor de teína.

 

Chá Preto

São chás totalmente oxidados. Encorpados mas suaves são, geralmente, classificados com base na qualidade das folhas (inteiras, partidas, com mais ou menos botões). Possuem infusões douradas, brilhantes com uma grande variedade aromática, desde notas amadeiradas, doces, amanteigadas e baunilhadas a minerais e animais.

 

Chá Maturado

Também designado por Pu Er, pode ser encontrado em folha solta ou em briquetes. Estes chás sofrem uma segunda oxidação e fermentação, o que lhes confere notas aromáticas e características únicas. Mediante condições controladas de humidade, o chá envelhece melhorando com o passar do tempo. Possui infusões castanho escuro, com notas aromáticas de terra molhada, húmus e cogumelos selvagens.