Ciclos e Celebrações

São momentos feitos de muita gente, seja no palco, na plateia da Suggia ou nas ruas da cidade. São projectos emblemáticos do Serviço Educativo que muitas vezes envolvem músicos de todo o país, escolas do ensino vocacional de música, grupos de pessoas socialmente desfavorecidas, comunidades diferentes que se encontram na música. São momentos de celebração, dias que importa marcar, pessoas cuja obra merece ser recordada. São os nossos destaques deste ano 2019/2020.

  • Coro Infantil Casa da Música

    Domingo 29 de Setembro · 18:00 · Sala Suggia

    Famílias e público geral (> 6 anos)

    € 12

     

    Domingo 28 de Junho · 18:00 · Sala Suggia

    Famílias e público geral (> 6 anos)

    € 12

    O Coro Infantil é um dos agrupamentos residentes da Casa da Música, justificando por talento próprio a sua estreia pública no Dia Mundial da Música de 2017. Sob a direcção da maestrina portuguesa Raquel Couto, e com cerca de 50 vozes, tem crescido a passos seguros e já se tornou um elemento indispensável e muito acarinhado pela Casa e pelo seu público. Neste ano lectivo de 2019/2020 são vários os compromissos em que o nosso Coro Infantil está envolvido. Logo para começar, um concerto em Setembro na Sala Suggia, onde serão apresentadas canções escritas por compositoras, integrando o festival Música no Feminino. Regressa à mesma sala em Junho para cantar um repertório polifónico escrito para vozes brancas. Pelo meio três grandes concertos com a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, em momentos-chave da programação da Casa. Este é, sem qualquer dúvida, um coro em constante crescendo artístico.

     

    Raquel Couto maestrina titular

    Joaquim Branco formação musical

    Joana Castro técnica vocal

    Dalila Teixeira e Gonçalo Vasquez pianistas acompanhadores

     


    Sessões
  • Dia Mundial da Música

    Terça 01 de Outubro 10:00-16:00 Vários locais a anunciar

    19:00 Auditório do Conservatório de Música do Porto

    Famílias e público geral (> 6 anos)

    Entrada Livre

    Este é, por excelência, o dia de levar a música à cidade. Todos os anos o Serviço Educativo comemora esta data saindo da Casa para mostrar a quem passa o que na Casa se faz. Entre os projectos que leva, é dada prioridade aos que se realizam com escolas do ensino vocacional de música, ou não representassem os seus alunos os músicos de amanhã. Em clima festivo, complementa-se o trabalho regular das escolas abordando músicas e técnicas que muitas vezes não entram na sala de aula. Quando o dia chega ao fim, há uma apresentação que reúne em palco todos os intervenientes no projecto.


    Sessões
  • Ao Alcance de Todos

    Sábado 04 de Abril · 21:00 · Sala 2

    Domingo 05 de Abril · 18:00 · Sala 2

    Público Geral (> 6 anos)

    € 8 · € 6 (< 30 anos)

     

    Terça 07 de Abril · 19:30 · Sala 2

    Público geral (> 12 anos)

    € 8 · € 6 (< 30 anos)

     

    Mais do que um festival, o Ao Alcance de Todos é a ponta do iceberg que representa o trabalho contínuo do Serviço Educativo em projectos artísticos de natureza inclusiva. Cingi-lo, pois, a um momento peca por redutor, ainda que estejamos a falar de um momento cheio, com espectáculos, oficinas e debates, um momento de superação dos artistas, de aproximação de públicos, de reconhecimento da arte como ferramenta poderosa na inclusão.

    Ao longo de uma semana colocamos em palco pessoas diferentes, com especificidades próprias, vindas de muitos lugares, que se encontram na construção de um evento artístico. E envolvemos a comunidade escolar, cientes de que ao fazê-lo estamos também a sensibilizar uma geração futura para o trabalho de inclusão.


    Sessões
  • Orquestra Som da Rua

    Domingo 19 de Abril · 18:00 · Sala Suggia

    Famílias e público geral (> 6 anos)

    € 8 · € 6 (< 30 anos)

    Projecto iniciado pelo Serviço Educativo em 2009/2010, o Som da Rua é uma esponja de músicos que conhecem a rua melhor do que ninguém. Foram já muitos os artistas que o integraram. Uns ficam, outros vão. A porta, essa, está sempre aberta a todos. O trabalho, continuado e regular, desenvolve-se ao longo do ano, com ensaios semanais onde o repertório é criado em conjunto, de forma a que cada elemento possa ver nele impressa, e expressa, a sua voz. Lisboa, Esposende, Viana e Braga são apenas algumas das cidades que já foram palco das várias dezenas de concertos do Som da Rua. Feito em parceria com a Liga para a Inclusão Social, este projecto opera também sobre competências individuais e colectivas dos que nele participam, alavancando por vezes a sua caminhada rumo à integração.


    Sessões
  • Tributo a D. Helena

    Sábado 23 e Domingo 24 de Maio · 10:00 · Vários espaços

    Famílias e público geral

    € 2

    Num fim-de-semana em cheio para o piano, a Casa da Música homenageia a pianista, concertista e professora portuense Helena Sá e Costa (1913-2006). A sua actividade de concertista levou‑ a inúmeras vezes a percorrer a Europa, os Estados Unidos da América, o Canadá, o Brasil, Angola e Moçambique. Professora dos Conservatórios de Lisboa e Porto com uma acção pedagógica de grande relevo, o seu legado permanece vivo entre várias gerações de pianistas.


    Sessões
  • Coro Infantil Escolas

    Segunda 25 de Maio · 19:00 · Sala Suggia

    Famílias e público geral (> 6 anos)

    € 8 · € 6 (< 30 anos)

    Desde o ano lectivo 2016/2017 que a Casa da Música desenvolve com três escolas da Área Metropolitana do Porto – Lomba (Porto), Quatro Caminhos (Matosinhos) e Quinta das Chãs (V. N. Gaia) – um projecto pedagógico e artístico orientado para o trabalho das vozes. Todos os anos, mais de 300 alunos têm sessões semanais com formadores do Serviço Educativo, onde não apenas se estimula a criatividade e o gosto pela música como se ensaia repertório, contextualizado quer na vida escolar quer na programação da Casa da Música. Foi, aliás, graças a este projecto que a nossa instituição ganhou um novo agrupamento residente, o Coro Infantil, cujas vozes têm sido seleccionadas precisamente de entre os grupos de trabalho daquelas escolas.


    Sessões
  • Dia da Criança

    Segunda 01 de Junho · 11:00 e 14:30 Sala Suggia

    Escolas do ensino pré-escolar e básico

    € 3

    Se é de pequenino que se torce o pepino, porquê falar apenas para os grandes quando se trata de direitos dos seus filhos? O Dia da Criança, que a Casa da Música celebra desde sempre com espectáculos destinados ao público escolar infantil, vem justamente avivar as nossas consciências para a importância de ouvirmos os mais novos, de percebermos as suas necessidades, de os apoiarmos no processo que os conduzirá à autonomia. Este ano, de forma a podermos acolher todos os que queiram celebrar connosco, o palco das comemorações é a Sala Suggia. Por lá passará o espectáculo Ritmo Trópico, uma versão revista e aumentada da produção que o Serviço Educativo apresentou em Março de 2019 na Sala 2. Serão assim muitos os que, a partir da noção de ritmo, se verão tentados e incentivados a fazer a festa – sempre com música, a nossa linguagem primordial.


    Sessões
  • Suggia

    Sábado 04 de Julho 10:00 Vários espaços

    Famílias e público geral

    € 2

    O legado da violoncelista portuense Guilhermina Suggia tem sido inspiração para um ciclo especial que dá a conhecer a música do seu instrumento. Com frequência bienal, o Prémio Suggia é uma oportunidade para assistir a um conjunto de recitais de grande nível e de concertos com orquestra por jovens promessas chegadas ao Porto de várias escolas artísticas europeias. A crescer de ano para ano, a Maratona de Violoncelistas, também integrada neste ciclo, é um momento particularmente intenso e apreciado de abertura da Casa a escolas e músicos de olhos apontados ao futuro.


    Sessões
  • Sonópolis

    Domingo 05 de Julho 18:00 Sala Suggia

    Famílias e público geral (> 6 anos)

    Entrada Livre

    Sonópolis, o espectáculo com que culmina o Curso de Formação de Animadores Musicais, e que em 2020 celebra o seu 15º aniversário, é um encontro entre comunidades diferentes, tendo-se tornado ao longo do tempo uma referência internacional na arte participativa que integra de forma homogénea artistas profissionais e não-profissionais. Todos os anos a festa é diferente, como são diferentes os músicos, vindos de vários pontos do País, os formandos e, naturalmente, a música. Sonópolis, que tantas vezes junta mais de 200 pessoas em palco, é bem um espelho do trabalho do Serviço Educativo.

     

    Paul Griffiths e Pete Letanka direcção musical

    XV Curso de Formação de Animadores Musicais, Outros interpretação


    Sessões
x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE