Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)

  • A Tribute to the Count Basie Orchestra evoca a música de uma figura essencial da história do jazz, especialmente no que respeita ao universo das big bands. Count Basie (1904-1984) revolucionou a linguagem das big bands criando, nas palavras de Ted Gioia, “um casamento entre a autenticidade do blues e o carácter urbano de uma sensibilidade pop”, com um sentido de swing e de tempo imbatível, moldado entre outros pela bateria de Jo Jones e a guitarra de Freddie Green, que influenciou todo o desenvolvimento do jazz moderno. Deu proeminência a vários solistas, entre os quais Lester Young foi o mais importante. Os temas que fazem parte do medley criado por Toshio Mashima são os clássicos “Jumpin’ at the Woodside” – um apelo irresistível à dança bem ao estilo do swing dos anos 30; “Lil’ Darlin” – composição do trompetista Neal Hefti escrita originalmente para a big band de Count Basie, e que traduzia toda uma sonoridade mais esparsa e contida que distinguia a sua abordagem; “April in Paris” – um standard escrito por Vernon Duke em 1932, e que na versão de Basie se tornou um clássico do repertório para big band.


    Fernando Pires de Lima, 2015

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE