Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • Wolfgang Mitterer nasceu em 1958 em Lienz, Tirol Este. Os primeiros anos da sua vida foram preenchidos com instrumentos de sopro e música de igreja. No final dos anos setenta frequenta a Escola Superior de Música de Viena. Estuda órgão com Herbert Tachezi e composição com Heinrich Gattermeyer. Em 1983 inicia estudos em música electroacústica na emsem Estocolmo. Em 1988, em Roma, recebe uma bolsa do Ministério da Educação.

    Por esta altura, já se empenha na exploração de música experimental fazendo parte de diversos grupos, tocando uma variedade de estilos: jazz, música popular, new wave e noise. Trabalhou com grupos como Hirn mit Ei, Call Boys Inc., Pat Brothers, Dirty Tones, Matador e músicos como Linda Sharrock, Gunter Schneider, Wolfgang Reisinger, Klaus Dickbauer, Hozan Yamamoto, Tscho Theis-sing e Tom Cora.

    A força criativa da qual a música de Wolfgang Mitterer emerge encontra-se no imprevisível e inesperado. Junta ensembles vocais com instrumentação electrónica, associa sons captados em serrações com órgãos de igreja antigos ou coros de mil vozes com vários instrumentos de sopro. Foram-lhe encomendadas obras pela Wiener Festwochen, Steirischen Herbst, Wien Modern, Wiener Kon-zerthaus, Tiroler Festspielen Erl, Klangspuren Schwaz, orf, wdr e srg.

    Recebeu vários prémios pela sua obra como músico e como compositor: o SchallplattenKritik para melhor gravação, o Ars Electronica Award, o Max Brand Award, o Futura Berlin Award e o Emil Berlanda Award, entre muitos outros.

    A obra de Wolfgang Mitterer contém mais de 160 composições, incluindo Amusie (para seis músicos, altifalantes e órgão de igreja avariado), Crushrooms, String Quartet 1.3, Brachialsinfonie(escritas para o Quarteto de cordas Klangforum Wien), Und träumte seltsam (para soprano, pequeno coro e ensemble), Ka und der Pavian (para coro, treze músicos e instalação sonora), Net-Words 1-5 (para onze músicos e 8 pistas), Fisis (orquestra sinfónica) e a ópera Massacre,apresentada recentemente numa nova produção com o Remix Ensemble Casa da Música no Teatro Nacional de São João do Porto, no Grand Théâtre de Reims, no Théâtre de Nîmes e na Cité de la Musique em Paris. A Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música estreou a sua peça 15 minutes for 13 morphs na Konzerthaus de Viena, em Setembro de 2010.

    A sua discografia inclui Coloured noise com o Klangforum Wien (Kairos), Das Tapfere schneiderlein, Sopop com Birgit Minichmayr e In Sturm com Georg Nigl, Music for checking e-mails e Massacre (Col Legno), entre outros registos.

    Wolfgang Mitterer leccionou a disciplina de “Música e Computador” na Universidade de Música de Viena. 


    2012

  • Obras relacionadas

      • Ordernar por

    • more
x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE