Casa da Música http://www.casadamusica.com/ 20-09-2021 - 26-09-2021 2º Módulo · Uma História Do Samba http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/20-2º-modulo-saber-ouvir-12º-curso-livre-de-historia-da-musica/1730/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/20-2º-modulo-saber-ouvir-12º-curso-livre-de-historia-da-musica/1730/?lang=pt Saber Ouvir: 12º Curso Livre de História da Música

]]> [20/09/2021 - segunda-feira | 17:30 | Sala 2] - Formação

]]> ( Público Geral )

]]> Lira Neto formador  

]]> O Curso Livre de História da Música procura renovar-se a cada ano, com temas originais adequados a qualquer melómano e uma intenção de enriquecer a experiência única da audição de boa música. Começamos o ano a percorrer os meandros da orquestra, a entender como funcionam as inúmeras combinações de instrumentos e como, ao longo da história, cresceram as suas possibilidades sonoras, sem esquecer os artistas que mais fizeram por esta evolução. Vamos falar de ópera, mas com um foco no período Barroco e no primeiro século e meio desta arte rainha da expressão das emoções sobre um palco. E porque o século XX já passou à história, é lá que vamos encontrar as linguagens revolucionárias da electrónica e também a música que se fez em Portugal, em dois módulos orientados por formadores estreantes neste curso mas que acumulam experiência e conhecimento. Vamos ainda fugir ao universo da clássica num módulo dedicado ao samba, apresentado pelo historiador brasileiro que está a realizar o estudo mais moderno e aprofundado sobre este género popular centenário.   De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros nº114-A/2021, será exigida a apresentação de um dos seguintes documentos para aceder aos eventos, a partir de 17 de setembro:• Certificado Digital COVID-19 da União Europeia, válido;• Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Autoteste, realizado no momento da entrada na Casa da Música, com a supervisão de um Responsável de Frente de Casa.Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.

]]>
Quarteto de Cordas de Matosinhos (6€) http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/21-quarteto-de-cordas-de-matosinhos/66441/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/21-quarteto-de-cordas-de-matosinhos/66441/?lang=pt

]]> [21/09/2021 - terça-feira | 19:30 | Sala 2]

]]> Nino Rota Quarteto de cordas Eurico Carrapatoso Llaços, contradanças e descantes Felix Mendelssohn Quarteto de cordas em Lá menor, op. 13

]]>   Itália, Trás-os-Montes e Alemanha – é este o percurso escolhido pelo Quarteto de Cordas de Matosinhos para o regresso aos recitais na Casa da Música. O italiano Nino Rota é bem conhecido pela sua música para cinema mas tem uma obra muitíssimo mais vasta e celebrada. Curiosamente, só escreveu um quarteto de cordas, pelo que esta será uma rara oportunidade para o ouvir num formato clássico da música pura. Eurico Carrapatoso é o autor da obra seguinte, uma clara afirmação de orgulho transmontano e da intenção de honrar, com a sua arte, a memória e a identidade do seu povo. A terminar, um quarteto sobre o qual paira o espírito de Beethoven, cujas últimas composições para este formato Mendelssohn tinha estudado aprofundadamente. São várias as citações que aparecem ao longo do Quarteto em Lá menor, escrito no ano da morte de Beethoven.    De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros nº114-A/2021, será exigida a apresentação de um dos seguintes documentos para aceder aos eventos, a partir de 17 de setembro:• Certificado Digital COVID-19 da União Europeia, válido;• Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Autoteste, realizado no momento da entrada na Casa da Música, com a supervisão de um Responsável de Frente de Casa.Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.

]]>
João Gil convida Tatanka (15€) http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/22-joao-gil-convida-tatanka/66260/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/22-joao-gil-convida-tatanka/66260/?lang=pt

]]> [22/09/2021 - quarta-feira | 21:00 | Sala 2]

]]> Caixa de Luz de João Gil com Convidados

]]> João Gil leva o espectáculo “Caixa de Luz” ao Porto para uma residência de 5 dias na Sala 2 da Casa da Música e convida Tatanka, Tiago Nacarato, Pedro Abrunhosa, Vozes da Rádio e Maria Mendes e Miguel Araújo para se juntarem a ele em palco, de 22 a 26 de Setembro, respectivamente.Com assinatura de João Gil, “Caixa de Luz” é muito mais do que um concerto que conta com convidados diferentes a cada noite. “Caixa de Luz” é também uma experiência visual, em que a artista plástica Ana Mesquita assina a cenografia, tendo criado perto de uma centena de imagens e vídeos inspirados na obra do músico, e ajudando a criar, como o próprio nome indica, uma “Caixa de Luz” que ilumina as fronteiras habitualmente erigidas entre artista e público. Em resumo, “Caixa de Luz'' é uma viagem pelo cancioneiro de João Gil, um dos mais profícuos compositores da história da música portuguesa das últimas décadas, que tem vindo a descobrir-se, cada vez mais, como intérprete, como podemos escutar nos seus últimos singles, “O Exacto Oposto”, “A Marcha da Polícia”, "Quântica" e no mais recente “Dedo do Meio”.   De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros nº114-A/2021, será exigida a apresentação de um dos seguintes documentos para aceder aos eventos, a partir de 17 de setembro:• Certificado Digital COVID-19 da União Europeia, válido;• Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Autoteste, realizado no momento da entrada na Casa da Música, com a supervisão de um Responsável de Frente de Casa.Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.  

]]>
João Gil convida Tiago Nacarato (15€) http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/23-joao-gil-convida-tiago-nacarato/66265/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/23-joao-gil-convida-tiago-nacarato/66265/?lang=pt

]]> [23/09/2021 - quinta-feira | 21:00 | Sala 2]

]]>

]]> João Gil leva o espectáculo “Caixa de Luz” ao Porto para uma residência de 5 dias na Sala 2 da Casa da Música e convida Tatanka, Tiago Nacarato, Pedro Abrunhosa, Vozes da Rádio e Maria Mendes e Miguel Araújo para se juntarem a ele em palco, de 22 a 26 de Setembro, respectivamente.Com assinatura de João Gil, “Caixa de Luz” é muito mais do que um concerto que conta com convidados diferentes a cada noite. “Caixa de Luz” é também uma experiência visual, em que a artista plástica Ana Mesquita assina a cenografia, tendo criado perto de uma centena de imagens e vídeos inspirados na obra do músico, e ajudando a criar, como o próprio nome indica, uma “Caixa de Luz” que ilumina as fronteiras habitualmente erigidas entre artista e público. Em resumo, “Caixa de Luz'' é uma viagem pelo cancioneiro de João Gil, um dos mais profícuos compositores da história da música portuguesa das últimas décadas, que tem vindo a descobrir-se, cada vez mais, como intérprete, como podemos escutar nos seus últimos singles, “O Exacto Oposto”, “A Marcha da Polícia”, "Quântica" e no mais recente “Dedo do Meio”.   De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros nº114-A/2021, será exigida a apresentação de um dos seguintes documentos para aceder aos eventos, a partir de 17 de setembro:• Certificado Digital COVID-19 da União Europeia, válido;• Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Autoteste, realizado no momento da entrada na Casa da Música, com a supervisão de um Responsável de Frente de Casa.Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.  

]]>
Cantos do Norte (10€) http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/24-cantos-do-norte/60733/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/24-cantos-do-norte/60733/?lang=pt Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música

]]> [24/09/2021 - sexta-feira | 19:30 | Sala Suggia]

]]> Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música Joseph Swensen direcção musical   Edvard Grieg Peer Gynt, Suite n.º 2 Jean Sibelius Sinfonia n.º 6 – Jean Sibelius En Saga Edvard Grieg Peer Gynt, Suite n.º 1  

]]>   Quem não reconhece o delicado ondular de flauta que faz despontar a “Manhã” de Peer Gynt? Ou a “Caverna do Rei da Montanha”, que evoca os trolls do imaginário popular nórdico e que tem figurado tantas vezes no cinema e na televisão? Ambas fazem parte da música incidental que o norueguês Edvard Grieg escreveu para a peça de teatro de Ibsen, cujos momentos mais marcantes compõem as duas suites que figuram neste programa. Pelo meio deste roteiro apresenta-se a obra de Sibelius. A serena Sinfonia n.º 6, em que se vislumbra o apreço pela depuração do estilo de Palestrina, foi capaz de lembrar ao seu autor “o aroma da primeira neve”. A arte orquestral do compositor finlandês é ainda ilustrada por um dos seus mais notórios poemas sinfónicos, En Saga, considerado pelo próprio a sua obra mais profunda, contendo em si toda a sua juventude.   De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros nº114-A/2021, será exigida a apresentação de um dos seguintes documentos para aceder aos eventos, a partir de 17 de setembro:• Certificado Digital COVID-19 da União Europeia, válido;• Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Autoteste, realizado no momento da entrada na Casa da Música, com a supervisão de um Responsável de Frente de Casa.Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.Regras e indicações para concertos na Sala Suggia:• Devido ao distanciamento social, este concerto não tem lugar marcado. No bilhete enviado para o seu email em formato PDF constará apenas a fila escolhida. O lugar ser-lhe-á atribuído à entrada da sala, por ordem de chegada, mediante indicação dos assistentes de sala;• Para o acesso à Sala Suggia, utilize as seguintes portas: Filas C a K - Porta 2.º piso; Filas L a Z - Porta 3.º piso;• Na saída da Sala Suggia, utilize a porta mais perto do seu lugar, seguindo as indicações colocadas no chão.• Caso necessite de apoio, por favor contacte um assistente de sala.  

]]>
João Gil convida Pedro Abrunhosa (15€) http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/24-joao-gil-convida-pedro-abrunhosa/66266/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/24-joao-gil-convida-pedro-abrunhosa/66266/?lang=pt

]]> [24/09/2021 - sexta-feira | 21:00 | Sala 2]

]]>

]]> João Gil leva o espectáculo “Caixa de Luz” ao Porto para uma residência de 5 dias na Sala 2 da Casa da Música e convida Tatanka, Tiago Nacarato, Pedro Abrunhosa, Vozes da Rádio e Maria Mendes e Miguel Araújo para se juntarem a ele em palco, de 22 a 26 de Setembro, respectivamente.Com assinatura de João Gil, “Caixa de Luz” é muito mais do que um concerto que conta com convidados diferentes a cada noite. “Caixa de Luz” é também uma experiência visual, em que a artista plástica Ana Mesquita assina a cenografia, tendo criado perto de uma centena de imagens e vídeos inspirados na obra do músico, e ajudando a criar, como o próprio nome indica, uma “Caixa de Luz” que ilumina as fronteiras habitualmente erigidas entre artista e público. Em resumo, “Caixa de Luz'' é uma viagem pelo cancioneiro de João Gil, um dos mais profícuos compositores da história da música portuguesa das últimas décadas, que tem vindo a descobrir-se, cada vez mais, como intérprete, como podemos escutar nos seus últimos singles, “O Exacto Oposto”, “A Marcha da Polícia”, "Quântica" e no mais recente “Dedo do Meio”.   De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros nº114-A/2021, será exigida a apresentação de um dos seguintes documentos para aceder aos eventos, a partir de 17 de setembro:• Certificado Digital COVID-19 da União Europeia, válido;• Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Autoteste, realizado no momento da entrada na Casa da Música, com a supervisão de um Responsável de Frente de Casa.Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.  

]]>
Festim na Babilónia (10€) http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/25-festim-na-babilonia/60734/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/25-festim-na-babilonia/60734/?lang=pt Orquestra Barroca Casa da Música - Música e Vinho

]]> [25/09/2021 - sábado | 18:00 | Sala Suggia]

]]> Orquestra Barroca Casa da Música Laurence Cummings direcção musical Marina Pacheco soprano Tiago Matos barítono   Henry Purcell Cena do poeta bêbado de The Fairy Queen Georg Philipp Telemann Concerto “Les Rainettes” Johann Sebastian Bach Excertos da Cantata do Café, BWV 211 Marin Marais Suite de Ariane e Baco  - Georg Friedrich Händel Excertos de Belshazzar  

]]>   A Orquestra Barroca entrega-se ao vinho... Melhor será dizer: entrega-se a música com as mais variadas referências a esta bebida com milhares de anos de história. Seja uma cena de Purcell protagonizada por um poeta bêbado, seja uma suite de Marais centrada nos amores de Baco, o deus do vinho. Os prazeres de outra bebida, o café, são evocados com excertos de uma cantata cómica de Bach. A segunda parte do concerto é dedicada à oratória Belshazzar de Händel, baseada no relato bíblico da queda da Babilónia e da libertação dos Judeus. Entre os excertos apresentados inclui-se um festim regado a grandes quantidades de vinho promovido por Baltasar, o rei da Babilónia.   De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros nº114-A/2021, será exigida a apresentação de um dos seguintes documentos para aceder aos eventos, a partir de 17 de setembro:• Certificado Digital COVID-19 da União Europeia, válido;• Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Autoteste, realizado no momento da entrada na Casa da Música, com a supervisão de um Responsável de Frente de Casa.Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.Regras e indicações para concertos na Sala Suggia:• Devido ao distanciamento social, este concerto não tem lugar marcado. No bilhete enviado para o seu email em formato PDF constará apenas a fila escolhida. O lugar ser-lhe-á atribuído à entrada da sala, por ordem de chegada, mediante indicação dos assistentes de sala;• Para o acesso à Sala Suggia, utilize as seguintes portas: Filas C a K - Porta 2.º piso; Filas L a Z - Porta 3.º piso;• Na saída da Sala Suggia, utilize a porta mais perto do seu lugar, seguindo as indicações colocadas no chão.• Caso necessite de apoio, por favor contacte um assistente de sala.  

]]>
João Gil convida Vozes da Rádio e Maria Mendes (15€) http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/25-joao-gil-convida-vozes-da-radio-e-maria-mendes/66267/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/25-joao-gil-convida-vozes-da-radio-e-maria-mendes/66267/?lang=pt

]]> [25/09/2021 - sábado | 21:00 | Sala 2]

]]>

]]> João Gil leva o espectáculo “Caixa de Luz” ao Porto para uma residência de 5 dias na Sala 2 da Casa da Música e convida Tatanka, Tiago Nacarato, Pedro Abrunhosa, Vozes da Rádio e Maria Mendes e Miguel Araújo para se juntarem a ele em palco, de 22 a 26 de Setembro, respectivamente.Com assinatura de João Gil, “Caixa de Luz” é muito mais do que um concerto que conta com convidados diferentes a cada noite. “Caixa de Luz” é também uma experiência visual, em que a artista plástica Ana Mesquita assina a cenografia, tendo criado perto de uma centena de imagens e vídeos inspirados na obra do músico, e ajudando a criar, como o próprio nome indica, uma “Caixa de Luz” que ilumina as fronteiras habitualmente erigidas entre artista e público. Em resumo, “Caixa de Luz'' é uma viagem pelo cancioneiro de João Gil, um dos mais profícuos compositores da história da música portuguesa das últimas décadas, que tem vindo a descobrir-se, cada vez mais, como intérprete, como podemos escutar nos seus últimos singles, “O Exacto Oposto”, “A Marcha da Polícia”, "Quântica" e no mais recente “Dedo do Meio”.   De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros nº114-A/2021, será exigida a apresentação de um dos seguintes documentos para aceder aos eventos, a partir de 17 de setembro:• Certificado Digital COVID-19 da União Europeia, válido;• Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Autoteste, realizado no momento da entrada na Casa da Música, com a supervisão de um Responsável de Frente de Casa.Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.  

]]>
Selva Sinfónica (10€) http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/26-selva-sinfonica/66615/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/26-selva-sinfonica/66615/?lang=pt Primeiras Oficinas

]]> [26/09/2021 - domingo | 10:30 | Sala Ensaio 2]

]]> Joana Araújo e Tiago Oliveira formadores  

]]> Uma oficina onde a parte sensorial da música está presente: são texturas musicais, são paisagens sonoras, são viagens pela sinfonia da selva, repletas de peripécias. Vamos conhecer melodias de bichos e aprender músicas sobre animais, numa verdadeira aventura, um safari musical onde todos cantam, tocam e criam. Como as restantes oficinas, esta vive também muito da participação dos adultos e da sua interacção musical com os bebés. Prontos para entrar na Selva?     Nota: Para usufruíres em pleno desta oficina, deves trazer de casa o teu próprio kit de viagem, composto por: - Saco de plástico transparente - Maraca - Folha de jornal - Lenço/écharpe - Molho de chaves - Lanterna    Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.

]]>
Peer Gynt (6€) http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/26-peer-gynt/60735/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/26-peer-gynt/60735/?lang=pt Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música

]]> [26/09/2021 - domingo | 12:00 | Sala Suggia]

]]> Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música Joseph Swensen direcção musical Concerto comentado por Mário Azevedo   Edvard Grieg Peer Gynt, Suites n.º 1 e n.º 2  

]]>   A obra mais célebre de Grieg é a música de cena que escreveu para Peer Gynt, do dramaturgo Henrik Ibsen. A história mistura o folclore norueguês — incluindo o imaginário fantástico dos trolls —, a exuberância dos contos de fadas e uma dimensão moral e filosófica. Conta a saga de um camponês que é enviado para o exílio e viaja por países exóticos, regressando muito tempo depois para se reconciliar com o sentido da vida e encontrar paz de espírito. Quase tão tortuoso quanto o percurso de Peer terá sido o do compositor em busca da solução musicalmente adequada, numa odisseia criativa que durou quase dois anos. Apesar de tudo, Peer Gynt resultou num enorme sucesso desde a sua estreia, em 1876, sucesso esse que perdura até hoje.   De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros nº114-A/2021, será exigida a apresentação de um dos seguintes documentos para aceder aos eventos, a partir de 17 de setembro:• Certificado Digital COVID-19 da União Europeia, válido;• Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Autoteste, realizado no momento da entrada na Casa da Música, com a supervisão de um Responsável de Frente de Casa.Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.Regras e indicações para concertos na Sala Suggia:• Devido ao distanciamento social, este concerto não tem lugar marcado. No bilhete enviado para o seu email em formato PDF constará apenas a fila escolhida. O lugar ser-lhe-á atribuído à entrada da sala, por ordem de chegada, mediante indicação dos assistentes de sala;• Para o acesso à Sala Suggia, utilize as seguintes portas: Filas C a K - Porta 2.º piso; Filas L a Z - Porta 3.º piso;• Na saída da Sala Suggia, utilize a porta mais perto do seu lugar, seguindo as indicações colocadas no chão.• Caso necessite de apoio, por favor contacte um assistente de sala.  

]]>
Selva Sinfónica (10€) http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/26-selva-sinfonica/66616/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/26-selva-sinfonica/66616/?lang=pt Primeiras Oficinas

]]> [26/09/2021 - domingo | 15:00 | Sala Ensaio 2]

]]> Joana Araújo e Tiago Oliveira formadores  

]]> Uma oficina onde a parte sensorial da música está presente: são texturas musicais, são paisagens sonoras, são viagens pela sinfonia da selva, repletas de peripécias. Vamos conhecer melodias de bichos e aprender músicas sobre animais, numa verdadeira aventura, um safari musical onde todos cantam, tocam e criam. Como as restantes oficinas, esta vive também muito da participação dos adultos e da sua interacção musical com os bebés. Prontos para entrar na Selva?     Nota: Para usufruíres em pleno desta oficina, deves trazer de casa o teu próprio kit de viagem, composto por: - Saco de plástico transparente - Maraca - Folha de jornal - Lenço/écharpe - Molho de chaves - Lanterna    Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.

]]>
João Gil convida Miguel Araújo (15€) http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/26-joao-gil-convida-miguel-araujo/66268/?lang=pt http://www.casadamusica.com/pt/agenda/2021/setembro/26-joao-gil-convida-miguel-araujo/66268/?lang=pt

]]> [26/09/2021 - domingo | 21:00 | Sala 2]

]]>

]]> João Gil leva o espectáculo “Caixa de Luz” ao Porto para uma residência de 5 dias na Sala 2 da Casa da Música e convida Tatanka, Tiago Nacarato, Pedro Abrunhosa, Vozes da Rádio e Maria Mendes e Miguel Araújo para se juntarem a ele em palco, de 22 a 26 de Setembro, respectivamente.Com assinatura de João Gil, “Caixa de Luz” é muito mais do que um concerto que conta com convidados diferentes a cada noite. “Caixa de Luz” é também uma experiência visual, em que a artista plástica Ana Mesquita assina a cenografia, tendo criado perto de uma centena de imagens e vídeos inspirados na obra do músico, e ajudando a criar, como o próprio nome indica, uma “Caixa de Luz” que ilumina as fronteiras habitualmente erigidas entre artista e público. Em resumo, “Caixa de Luz'' é uma viagem pelo cancioneiro de João Gil, um dos mais profícuos compositores da história da música portuguesa das últimas décadas, que tem vindo a descobrir-se, cada vez mais, como intérprete, como podemos escutar nos seus últimos singles, “O Exacto Oposto”, “A Marcha da Polícia”, "Quântica" e no mais recente “Dedo do Meio”.   De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros nº114-A/2021, será exigida a apresentação de um dos seguintes documentos para aceder aos eventos, a partir de 17 de setembro:• Certificado Digital COVID-19 da União Europeia, válido;• Teste laboratorial (PCR) realizado nas 72 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Teste rápido de antigénio (TRAg), verificado por entidade certificada e realizado nas 48 horas anteriores à sua apresentação, com resultado negativo;• Autoteste, realizado no momento da entrada na Casa da Música, com a supervisão de um Responsável de Frente de Casa.Devido à pandemia COVID-19, a Casa da Música adoptou as seguintes regras para sua segurança:• Uso obrigatório de máscara durante a permanência na Casa da Música;• Medição de temperatura não invasiva (exceto concertos Sala Suggia e Sala 2);• Higienização de mãos;• Cumprimento das regras de distanciamento social.O não cumprimento destas regras inviabiliza o acesso aos concertos, actividades educativas e visitas guiadas realizadas na Casa da Música.Na Casa da Música encontrará sinalética visível nos diferentes percursos e espaços, bem como informação sobre as regras de acesso, circulação e permanência (mantendo o distanciamento social de 2 metros), bem como de lotação máxima dos espaços.Todos os postos de atendimento ao público estão equipados com barreiras acrílicas de protecção e delimitação no chão da distância obrigatória. Todos os espaços estão equipados com dispensadores de álcool gel para utilização por parte do público visitante antes do início das actividades, da compra de bilhetes, de visitas guiadas, entre outros. Reforçámos o nosso plano de higiene no edifício e instalações, em especial a desinfecção de superfícies e objectos comuns (instalações sanitárias, balcões, corrimãos, maçanetas, interruptores), bem como de ventilação dos espaços de maior circulação de público e para sua segurança.  

]]>