Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • Depois de anos como Maestro Titular da Ópera de Colónia e Maestro Convidado Principal da Ópera de Graz, Johannes Stert tornou‑se rapidamente um convidado regular de importantes teatros de ópera em todo o mundo. Em 2008, estreou‑se no Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, com La Clemenza di Tito de Mozart, e aí regressou com Don Giovanni em 2009 e Dona Branca em 2010. Recentemente, dirigiu uma nova produção de A Flauta Mágica na Ópera Nacional Coreana em Seul.

    Tem sido convidado a apresentar‑se em vários festivais, tais como o Wiener Festwochen, a Triennale de Colónia e o Festival de Montepulciano. Os numerosos concertos e projectos de música contemporânea resultaram em colaborações próximas com importantes compositores como Karlheinz Stockhausen. Tem sido frequentemente convidado, desde 2004, para dirigir a Orquestra da Rádio WDR.

    A sua carreira de maestro iniciou‑se em 1993 como Maestro Assistente em duas temporadas no Pfalztheater Kaiserslautern. Iniciou depois uma colaboração com Günter Krämer, quando a companhia fez uma digressão ao Japão com a Ópera dos Três Vinténs de Weill.

    Durante dez anos (1995‑2005), Johannes Stert desenvolveu uma ligação forte à Ópera de Colónia como maestro, e programou uma parte importante das temporadas (estreias, concertos, repertório). Em 2001, foi promovido ao cargo de Maestro Titular.

    Desde 1990, Stert é Director Musical da Orchesterverein Hilgen. Sob a sua liderança, esta orquestra tornou‑se um dos principais agrupamentos sinfónicos de sopros. Ao longo dos anos, Stert realizou numerosos arranjos e orquestrações para a orquestra.

    Foi premiado pelo Governo da Alemanha em 1996, 2000 e 2004. Em Maio de 2008, a orquestra ganhou o Primeiro Prémio no concurso internacional “Eolla” em Estrasburgo, França.

    Dirige actualmente várias produções de ópera no Teatro Estatal de Oldenburg.


    2013

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE