Pierre-Laurent Aimard

piano

  • Pierre-Laurent Aimard tem uma carreira celebrada internacionalmente, sendo aclamado como uma figura-chave da música do nosso tempo e um importante intérprete do repertório de piano de todas as épocas.

    Apresenta-se ano após ano em todo o mundo com as principais orquestras, sob a direcção de maestros como Chailly, Jurowski, Eötvös, Rattle e Salonen. Tem sido convidado para uma série de residências, incluindo projectos no Carnegie Hall e Lincoln Center de Nova Iorque, Philharmonie de Berlim, Cité de la Musique em Paris, Festival de Tanglewood e Southbank Centre em Londres. É Director Artístico do Festival de Aldeburgh.

    Os seus compromissos actuais e futuros incluem recitais a solo em Londres, Nova Iorque, Chicago, Paris, Tóquio, Viena, Pequim e Amesterdão, e concertos com a Sinfónica de Boston, Filarmónica de Londres, Sinfónica Alemã de Berlim e Orquestra de Câmara da Europa. No Outono de 2014 juntou-se à Sinfónica da Rádio da Baviera para a estreia mundial de um Concerto para piano de Sir Harrison Birtwistle, seguindo-se a sua interpretação no Porto, Londres e Boston. Na Primavera de 2015, faz uma digressão de recitais com Tamara Stefanovich, tocando a integral das obras para piano de Pierre Boulez em celebração do 90º aniversário do compositor.

    Aimard desenvolveu colaborações próximas com vários compositores de topo, tais como Kurtág, Stockhausen, Carter, Boulez e Benjamin, e a sua longa ligação a György Ligeti deu origem à gravação da obra integral para piano deste compositor. Mais recentemente, interpretou a última obra de Elliott Carter: Epigrams para piano, violoncelo e violino, escrita para si próprio.

    Tem ensinado na Escola Superior de Música de Colónia e no Conservatório de Paris, e realiza concertos-conferência e workshops em todo o mundo. Recebeu o Prémio de Instrumentista da Royal Philharmonic Society em 2005 e foi nomeado “Instrumentista do Ano” pela Musical America em 2007. Em 2015 lança um grande projecto online em colaboração com o Klavier-Festival Ruhr e Vincent Meyer, centrado na música para piano de Ligeti e incluindo masterclasses e interpretação dos Estudos e de outras obras.

    Aimard grava actualmente em exclusivo para a Deutsche Grammophon. O primeiro disco para esta editora, A Arte da Fuga de Bach, recebeu os prémios Diapason d’Or e Choc du Monde de la Musique, e entrou directamente para o topo das tabelas clássicas da Billboard e do iTunes. Nos últimos anos, as gravações de Aimard têm merecido vários prémios prestigiantes. No Verão de 2014 foi editada uma nova gravação do Cravo Bem Temperado – Livro 1 de Bach.

    Pierre-Laurent Aimard nasceu em Lyon, em 1957, e estudou no Conservatório de Paris com Yvonne Loriod e em Londres com Maria Curcio. Foi nomeado primeiro pianista solo do Ensemble intercontemporain por Pierre Boulez.


    2014

  • Ver & Ouvir

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE