Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • Foi durante uma viagem às Hébridas, na Escócia, que Mendelssohn visitou a Gruta de Fingal, formação rochosa de basalto que é invadida pelas águas do oceano em cada maré alta proporcionando um cenário simultaneamente misterioso e épico. Foi este cenário que serviu de inspiração ao compositor para escrever uma abertura de concerto que foi muito bem acolhida na sua estreia londrina, em 1832, e se tornou bastante popular. Seguindo uma forma bastante tradicional das sonatas contrasta temas contemplativos com momentos mais dramáticos. São frequentes as alusões que comparam os ritmos frenéticos do final e os acordes em fortíssimo com o embater das ondas violentas dentro da gruta.


    Rui Pereira, 2013

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE