Error loading MacroEngine script (file: artista-header.cshtml)
  • Em termos formais, esta é uma peça multifacetada, rica e emocionalmente impregnada de fortes contrastes. Idealizações de uma natureza violenta e apaixonada alternam com expressões de quietude e melancolia elegíaca, por vezes justapondo-se de modo rude e repentino, a par de gestos (a maior parte dos quais enfatizados pela dinâmica) que iniciam um processo continuamente conducente a situações novas e alteradas.

    Subdividida em quatro secções – embora apenas a terceira seja separada da anterior através de uma pausa longa em todos os instrumentos; as restantes são interligadas –, a peça é tão polinomial que desafia as descrições detalhadas – e, contudo, eu gostaria de escolher duas secções para, pelo menos, dar uma ideia da sequência de acontecimentos.

    A segunda parte (considerada em termos de uma visão formal alargada) consiste, na verdade, em duas peças diferentes: a primeira, mais rápida, é escrita quase sempre para quatro instrumentos em movimento sobre um fundo de uma linha simples das violas. Embora preencham a mesma duração de tempo, cada um dos instrumentos toca numa pulsação diferente do outro. Assim, quatro diferentes tempos metronómicos são tocados em simultâneo e a métrica escrita torna-se mais obscura, embora o fagote e as violas deixem, no início e a espaços, vislumbrar a métrica de base. Muitos poderão achar desconcertante a sonoridade idiossincraticamente dividida; eu penso que tem um carácter muito forte.

    A segunda “peça”, mais calma, começa sob a liderança do oboé, acompanhado como que por silhuetas na harpa, no vibrafone e na marimba, a que se juntam mais tarde crótalos e sinos. As duas “peças” são então divididas em pequenas secções, misturadas de modo a que uma secção da segunda “peça” suceda sempre a uma secção da primeira. Dois acordes em colcheias nos sopros sinalizam o início de cada secção da segunda “peça”, mais calma, enquanto um acorde em pizzicato anuncia o início de um excerto da parte mais rápida. O resultado de estruturas fundidas que são, per se, completamente estáticas é muito claro, apesar de toda a complexidade – ou assim o espero.

    A quarta e última secção da obra é relativamente simples; 16 acordes sustentados nos sopros (cada qual separado do seguinte por pausas) constituem a base. O primeiro é tocado em triplo pianissimo; os outros são progressivamente mais longos e intensos, até culminar num acorde muito longo e fortissimo. As pausas tornam-se também mais longas, progressivamente, mas não de forma tão pronunciada como acontece com os acordes – são preenchidas pela percussão, que faz o caminho oposto, começando em fortissimo e terminando em piano, com uma densidade que se vai reduzindo até um som mais claro, no final.

    As cordas formam uma terceira camada, tocando essencialmente em piano e tremolo sul ponticello, mas no início encontram-se submersas pela percussão em fortissimo (nas pausas entre os acordes dos sopros); com a aproximação do final ganham protagonismo, em movimentos gradualmente mais amplos e em crescendo.

    Embora a complexidade geral da sequência de acontecimentos seja estruturalmente importante, ao nível da concepção musical, a relevância das explicações longas é, quando muito, tangencial à experiência da audição.

    A obra foi encomendada pela Orquestra Filarmónica de Viena, que a estreou a 13 de Abril de 1996 num dos seus concertos de assinatura, sob a direçcão de André Previn.

     


    Friedrich Cerha

    Tradução: Fernando Pires de Lima 

x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE