Sexta Maior

O individual e o colectivo são dimensões complementares nestas oficinas XL, mais longas (cerca de duas horas e meia) e com capacidade para grupos até 120 pessoas, onde cabem turmas dos ensinos básico (a partir do 3º ano), secundário e vocacional de música. Realizam-se quatro vezes ao ano, orientadas por elementos da nossa equipa de formadores que trabalham durante uma manhã com os participantes ora no seu todo ora divididos em pequenos grupos, tendo esse processo como corolário a apresentação de uma performance. Vamos assim ao encontro das necessidades das escolas, permitindo-lhes encaminhar de uma assentada um número maior de alunos para a Casa da Música, onde se tornam também eles músicos e colaboram no mesmo projecto.

  • Vozes ao Alto!

    22 DE NOVEMBRO

    Sexta 10:00-12:30 · Apresentação 12:30 · Vários Espaços

    Escolas do Ensino Básico (a partir do 3º ano), Secundário e Vocacional de Música

    € 3

    A voz a várias dimensões e cada dimensão a várias vozes – assim se trabalha nesta oficina. Do canto à fala, da melodia ao ritmo, individualmente e em conjunto, usando repertório do Novo Mundo mas sempre de janela aberta para o improviso e a criação de novos mundos.

     

    Ágata Ricca, António Miguel Teixeira, Raquel Couto e Tiago Oliveira formadores


    Sessões
  • Som a Som

    07 DE FEVEREIRO

    Sexta 10:00-12:30 · Apresentação 12:30 · Vários Espaços

    Escolas do Ensino Básico (a partir do 3º ano), Secundário e Vocacional de Música

    € 3

    Neste puzzle sonoro cada pequeno grupo de participantes é uma peça. A construção musical faz-se da soma dos contributos dados pelas várias peças, que usam para isso a voz, o corpo e instrumentos. O resultado final fica registado, de modo a que ninguém perca a memória desta passagem pela Casa.

     

    Inês Lapa, Óscar Rodrigues, Paulo Neto e Rui Rodrigues formadores


    Sessões
  • Percurtir

    20 DE MARÇO

    Sexta 10:00-12:30 · Apresentação 12:30 · Vários Espaços

    Escolas do Ensino Básico (a partir do 3º ano), Secundário e Vocacional de Música

    € 3

    Para percutir bastam-nos as mãos, mas se queremos curtir ajuda ter mais recursos, sejam eles as diferentes partes do corpo ou instrumentos tradicionais como bombos, caixas, triângulos ou tréculas. Aqui usamos tudo o que tenhamos à mão. Partimos de ritmos simples, populares ou não, e sobre eles improvisamos, criando outros.

     

    Artur Carvalho, Bruno Estima, Joaquim Alves e Jorge Queijo formadores


    Sessões
  • Orquestrando

    22 DE MAIO

    Sexta 10:00-12:30 · Apresentação 12:30 · Vários Espaços

    Escolas do Ensino Básico (a partir do 3º ano), Secundário e Vocacional de Música 

    € 3

    Ao repertório vamos buscar uma obra que nos sirva de base. Como fazem os grandes compositores, passamos à orquestração, usando os timbres dos instrumentos de que dispomos. Não se trata apenas de transpor a música para os instrumentos, é-nos pedido que criemos e recriemos. No fim, a versão original e a orquestrada por nós são apresentadas – e as diferenças ficam a nu.

     

    Ana Isabel Oliveira, Daniela Castro, Filipe Fernandes e Miguel Ramos formadores


    Sessões
x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE